31 março, 2016

[RESENHA] - WARAGE - BEHIND MY MASK (2015)

Decidida a fazer parte da playlist do público do Metal, os paulistas do WarAge, uma banda experiente na cena Metal a mais de 10 anos, trouxe em 2015 um début que conquistou além de um novo público, também aproximou ainda mais quem já gostava da banda desde sua criação em 2002.

Com onze faixas, o álbum "Behind My Mask" foi produzido pelo já conhecido Henrique Baboom, o qual produziu bandas como Salário Mínimo, Panzer e Screams of Hate. Alternando entre bons e pesados riffs, o álbum inicia sua trajetória com a faixa que leva o nome da banda, "War Age", faixa que trás desde os seus primeiros segundos a ideia do que podemos esperar para o restante do álbum, mas ao chegar na terceira faixa, intitulada de "Nightmares of War" além de ser uma grande surpresa presente neste, é com toda certeza a faixa mais interessante do álbum, ao iniciar com leves dedilhados no violão e evoluindo aos poucos se tornando "pesada" ao andar da música, sendo assim, a destaco como o grande destaque do álbum, que ainda tem faixas interessantíssimas, como "Killer Angels", "Lost Soul", "Child of Satan" e "Torture"

OUÇA "TORTURE", DÉCIMA FAIXA DO ÁLBUM



Influências de Black Sabbath são detectadas e apresentadas durante o álbum, como na décima faixa, "Torture", que logo nos primeiros instantes caracterizam uma introdução nostálgica relembrando os tempos de ouro do Sabbath. Destacando-se em praticamente todo o álbum, o vocalista Carlos Fornazari é um frontman incansável e moderno, dono de uma poderosa e viciante voz, acompanhado do guitarrista Felipe Tonini, responsável por toda a harmonia constada neste excelente álbum.

Impossível não grudar em sua cabeça alguns riffs das músicas. As introduções de "War Age", "Nightmares of War" e o começo surreal de "Torture" marcam, você se pega cantando e a vontade de ouvir o álbum novamente só aumenta e mostrar a pessoas conhecidas é inevitável, todos precisam ouvir WarAge.



A magnifica arte da capa foi elaborada pelo artista João Duarte, responsável por artes de bandas como, Torture Squad, Almah, Korzus e Angra. João conseguiu transformar o simples em uma formidável e chamativa capa de álbum, com um encarte muito bem produzido e simplificado, contendo fotos e agradecimentos dos integrantes, letras das músicas e demais informações.

TRACKLIST
01 - War Age
02 - Child of Satan
03 - Nightmares of War
04 - Ten Years in Hell
05 - Spit on the Cross
06 - Killer Angels
07 - Lost Soul
08 - Hatred
09 - Death Wish
10 - Torture
11 - We're All Gona Die

FORMAÇÃO
Carlos Fornazari - voz
Filippe Tonini - guitarra
Fernando Lopes - baixo
Sandy Hirahata - bateria

SIGA WARAGE
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário