24 maio, 2016

Coluna Especial: os discos que me inspiraram #2

É difícil você começar gostando de "Rock" no Brasil. Em um mundo de samba e funk, o Rock foi apenas figurante na minha infância. O funk carioca já estava na mídia e na boca do povo e Art Popular já dava uma noção de nostalgia. Mas tinha aqueles rockzinhos que não podia deixar de ouvir, e para virar um fã de hardcore e punk rock, muitos estilos me inspiraram, saca só a lista:

*Pretendo não fazer um 'top 5' discos que me inspiraram, mas sim um 'top 5'  discos que, em ordem cronológica, me "moldaram" ao que escuto agora.


5- THE REASON (HOOBASTANK, 2003)

Hoobastank é nostalgia pra qualquer um. Não importa qual estilo você seja, até fora do rock, você já ouviu a música "The Reason". Aquela nostalgia de ver o clipe na MTV é sensacional.  Aliás, o clipe dessa música tem 200 milhões de visualizações no Youtube. Hoobastank foi a primeira banda no qual eu adotei como "favorita". Conhecia todas as músicas, álbuns e letras.  Por mais que muitas pessoas falam que Hoobastank é uma "banda de 1 música só", eu discordo totalmente. Eles tem uma pegada somente deles. Músicas como "Lucky", "Crawling in the Dark" e "Running Away" estão aí para contrariar quem diz isso. 

The Reason foi o segundo álbum de estúdio da banda norte-americana, mas foi a primeira a emplacar. Lógico que com a ajuda da faixa de mesmo nome que o álbum decolou, mas isso não faz ser a única música com potencial do álbum. "Same Direction" e "Out Of Control", que abrem o álbum, foram realmente um sucesso. Com 4 milhões e 10 milhões de visualizações no Youtube, respectivamente, este álbum é viciante. Não é pesado nem leve, é essencial e todas as musicas o prende no álbum. Basta você se render e ouvir o álbum completo antes de criticar qualquer "banda de uma musica só". 

OUÇA "THE REASON" (8ª FAIXA)

4- 100% Charlie Brown Jr. - Abalando a Sua Fábrica (CHARLIE BROWN JR, 2001)

Muitas pessoas citam Charlie Brown Jr como "a maior banda de rock do Brasil". Mesmo eu achando que esse título é do Sepultura, não podemos negar que eles realmente fizeram sucesso e história. Vir de uma cidade "pequena" é complicado pra uma banda estourar. Falar de 'Charlie Brown' é diferente pra quem mora em Santos. O contato com a banda era diferente. Aqui em Santos, não importa se você gosta de funk, pagode ou Heavy Metal, você com certeza sabe 5 ou 6 músicas do Charlie Brown Jr

Uma banda que mistura vários e vários estilos que te prende nas músicas. É impossível definir a melhor música do Charlie Brown Jr. Pior ainda é definir o melhor álbum. ''100% Charlie Brown Jr. - Abalando a Sua Fábrica" considero o melhor, não apenas por ser o único que eu tinha em casa, mas também por reunir várias das melhores músicas da banda. "Hoje Eu Acordei Feliz", "Sino Dourado", "Quebra-Mar" e "Lugar Ao Sol" em sequência, junto com "Tudo Pro Alto" e "Como Tudo Deve Ser" encerrando, faz esse álbum ser o melhor da banda. 


OUÇA "QUEBRA-MAR" (4ª FAIXA)

3- Tropicalia ou Panis et Circencis ( Caetano Veloso, Gal Costa, Gilberto Gil, Nara Leão, Os Mutantes e Tom Zé, 1968)

Todo mundo devia se apaixonar por esse álbum. Descobri esse disco em aulas de história, me interessei no começo por ter Os Mutantes. Aliás, Os Mutantes devia estar neste 3º lugar, mas "Tropicalia ou Panis et Circencis" é literalmente história. De todos os álbuns deste top 5, é o que eu mais indicaria pra alguém. A tropicália vai totalmente além da música. E quem sou eu pra explicar tudo sobre isso?  Uma lista do Rolling Stones, Rádio Eldorado FM, portal Estadao.com colocam esse álbum entre os melhores da história da música brasileira. 

Melhor música não há. Todas são boas demais pra definirmos alguma superior a outra. Mas o meu foco é em "Enquanto Seu Lobo Não Vem", que mostra o Caetano Veloso cru e com uma consciência política. E não podemos deixar de elogiar "Parque Industrial" de Tom Zé. Que se for pra definir a mais bem sucedida, ganha o posto neste álbum.

 "Um disco verde amarelo, tropical, revolucionário, brasileiro, universal e eterno"

OUÇA "ENQUANTO SEU LOBO NÃO VEM" (9ª FAIXA)

2- A Revolta dos Dândis (ENGENHEIROS DO HAWAII, 1987)


Falar de Engenheiros do Hawaii pra mim é como que falar do meu clube de futebol favorito. Sabe aquele cara fanático pelo seu time a ponto de saber a escalação da equipe de 1934? Praticamente sou assim com Engenheiros. Não necessariamente de Engenheiros do Hawaii, mas de Humberto Gessinger. É estranho ver como ele é ofuscado por outros compositores brasileiros como Renato Russo ou Cazuza e sua banda por Legião Urbana, Barão Vermelha entre outras. Engenheiros do Hawaii é uma das melhores bandas do Brasil e Humberto Gessinger o maior compositor do Brasil.

Conhecer todos os álbuns e todas as músicas dificulta escolher um favorito. Mas "A Revolta dos Dândis" se diferencia por vários motivos. Além de ter vários sucessos como "A Revolta dos Dândis" I e II, "Terra de Gigantes", "Infinita Highway", "Refrão De Bolero"  e "Além dos outdoors", este álbum que foi o segundo álbum da banda, mostrou uma sonoridade totalmente diferente do primeiro álbum.  E suas músicas têm algo por trás. "Infinita Highway" foi escrita pelo Humberto aos 14 anos de idade. "Quem Tem Pressa, Não Se Interessa" foi composta só por baixo, bateria e vocal, sem guitarra. E foi nesse álbum que Engenheiros foi chamado de fascista. 

Mesmo com Humberto Gessinger em carreira solo, ainda há uma esperança da banda voltar, e caso volte, tem que ser digno ouvir "A Revolta dos Dândis" pra recordar os bons momentos.
OUÇA "INFINITA HIGHWAY" (3ª FAIXA)


1- Grindcore Caiçara (LIKE A TEXAS MURDER, 2009)

Like a Texas Murder... O que dizer dessa banda? Infelizmente a banda já encerrou suas atividades, mas ainda não há quem seja da cena hardcore que não curta Like a Texas, principalmente quem é da cena de Santos, de onde veio a banda. Você percebe quando uma banda é realmente boa quando ela termina e seus integrantes criam duas outras bandas mais fodas ainda. Surra e Zerão. A pedrada no ouvido desse hardcore/grind/thrash é o diferencial da banda, que seguem no Surra e Zerão. O som extremamente veloz e "tudo de ruim" conquista quem escuta, além que ao vivo, é melhor ainda, outro diferencial da banda.

Muitas pessoas que curtem Like a Texas Murder preferem o segundo álbum "Tudo de Ruim". Mas "Grindcore Caiçara" se difere. "Nota Fiscal Paulista", "Traíra", "Patrão Comedião", "Música de Merda", junto com minha favorita "Povo de Merda" me fizeram um fã de Like a Texas Murder e hardcore. É bom morar numa região onde têm várias bandas boas como Surra, Bayside Kings, Depois da Tempestade, Analisando Sara, BlackJaw, Jerseys, Mar Morto, Zerão, Fuerza e muitas outras.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários: