17 maio, 2016

[RESENHA] - ANGUERE - CHOQUE (2015)

Desde 2008 na estrada, a banda já foi chamada de Chaosbleed, já teve várias mudanças em sua formação, mas hoje o Anguere se firmou e conquistou a cena de sua cidade, Rio Claro-SP. Isso ocorreu depois da entrada do vocalista Thiago Soares, em 2013, dando estabilidade a banda e participando do segundo EP da banda em 2014 (o primeiro foi em 2009, levando o mesmo nome da banda), chamado de "H.C.R.C" (HardCore Rio Claro). Também houve participação em várias coletâneas. E por último um split ao vivo com a banda Bullying HC.




E no fim de 2015, mais precisamente em 11 de dezembro, os rio-clarenses lançaram "CHOQUE".  O álbum contém 12 músicas, onde podemos ver a BRUTALIDADE da banda.

"Choque" segue do começo ao fim com um ritmo pesado e completamente veloz. Há uma certa lembrança com bandas como Surra e Like a Texas Murder, de Santos, e também Attero de Uberlândia. Mas a diferença com certeza é o vocal. Os fortes e velozes riffs, e uma pesada bateria, juntando ao vocal EXTREMAMENTE BRUTO, faz um conjunto que torna Anguere diferente das outras bandas.

O álbum começa com "HxCxRxC", uma intro de 10 segundos que já mostra como é e como vai ser o som de "Choque".


A segunda faixa é "Campo Minado", que junto à primeira e a terceira estavam no EP "HCRC", inicia o álbum CHOQUE. O foco mesmo é a terceira faixa intitulada "Corrução FxDxP", que tomou proporções tão grandes que além de virar videoclipe, teve publicado no canal mundial mais famoso de hardcore: o Hardcore Worldwide. Confira o video abaixo:
O álbum segue forte, veloz e pesado até o fim. Letras fortes e vocal mais ainda, sendo difícil definir a "melhor música" deste álbum. Todas são impossíveis de não ouvir até o fim. Mas se - particularmente - tiver que escolher, a faixa "Anguere" é sensacional, quase 4 min de puro peso. Aliás, "CHOQUE" te prende até o fim. Outra música que chama atenção é "Mecanismo Corroido", essa conquista por causa da guitarra, e não fica nem a frente e nem atrás de "Anguere" ou "Corrupção FxDxP". A faixa que fecha o álbum é "Repressão" e foi muito bem escolhida pra fechar. Deixou no ar aquela vontade de ouvir mais, por isso quem escuta o álbum completo, irá ouvi-lo de novo em sequência.



Uma dica pra quem foi ouvir: não ouça no último volume. É tão pesado que pode te deixar com dor de ouvido. A banda é literalmente "pedrada na orelha". Com certeza um dos melhores álbuns recentes de thrashcore. 

E não podemos deixar de elogiar a BELÍSSIMA capa do álbum, que com certeza só realçou este CD que é um dos melhores de 2016 (mesmo sendo lançado em dezembro do ano passado).




TRACKLIST
01 - HxCxRxC
02 - Campo Minado
03 - Corrupção FxDxP
04 - Estado de Choque
05 - Espelho Imoral
06 - Domínio do Mal
07 - Guerra Santa
08 - Anguere
09 - Liberdade
10 - Mecanismo Corroido
11 - Olho Cego
12 - Repressão


MEMBROS
Thiago Soares - vocal
Cleber Roccon- guitarra
Adriano Prado - bateria

SIGA ANGUERE
Perfil do Facebook | Site Oficial | Bandcamp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário