26 junho, 2016

Resenha: Choque de Realidade - Box 47 (2015)



Chegamos em 2016 e ainda vemos que o Hardcore ainda move multidões, espalhando sua filosofia para todos os lados, conquistando um novo público e gritando poesias em meio a rápidos riffs, bateria e baixo acelerados como se estivessem em uma "fúria" extrema.

Formada em meados de 2007 a banda teve desde o começo o vocal e guitarrista, Uillian Alves, que com idas e vindas de integrantes, estabeleceu a formação com Tonloserkids na bateria e Matheus Lemos no baixo, porém foi 2011 que a banda conseguiu realmente se firmar no cenário, lançando o EP "Sigam-me os loucos", o nome se da por conta de um trocadilho do baterista, sobre o "Sigam-me os bons" do eterno seriado, Chapolin Colorado.


BOX 47 LANÇOU RECENTEMENTE UM VIDEOCLIPE DA MÚSICA "O ÚLTIMO ANIVERSÁRIO"



O BOX 47 não parou neste ano de 2011, tendo os seus próximos anos como cruciais na história da banda, sendo em 2015 o motivo que nos trás aqui, o lançamento do EP "Choque de Realidade", o qual estamos a resenhar hoje, que conta com cinco faixas e foi produzido pela banda, no estúdio do atual(e eterno) vocalista e guitarrista, Uill Alves, o que ocasiona um gosto a mais em um álbum, pois podemos ver total dedicação dos músicos em cima de um trabalho em que eles mesmos produziram, acredito que caracteriza ainda mais.

Inspirados por Sum 41, Blink 182, Raimundos, The Offspring, Forfun e mais alguns, o que torna a banda uma salada de influências, que assim cria sua própria sonoridade, o que em hipótese alguma deixa a desejar, vindo assim a demonstrar uma sonoridade madura, executando Hardcore com frieza e sabedoria, adicionando leves toques de Metalcore, Nu Metal e Punk Rock. Difícil colocar todas as influências em uma mesma música, algo que o BOX 47 faz com facilidade, sabendo contornar e conquistar um público exigente como é o público do Hardcore.


OUÇA O EP "CHOQUE DE REALIDADE" COMPLETO


Um EP, aonde podemos ver toda a essência da banda, a doação de todos os integrantes em cima deste trabalho é visível, sua auto produção não deixa a desejar, suas músicas são impactantes, muito bem produzidas e sonoridade muitíssimo bem explorada, tudo como o Hardcore deve ser, com certeza valeu a pena a insistência para manter a banda em pé por todos esses anos de existência, cada suor, cada lágrima derrubada e cada batalha vencida desta guerra que chamamos de "Cena Underground", aonde também sabemos a desvalorização da música autoral (pelo menos em muitos casos).

Músicas como "Carpe Diem" e "O Último Aniversário" podem facilmente ser adicionadas em qualquer playlist, pela essência das mesmas, que são as típicas músicas que caem nas graças de qualquer pessoa com um "ouvido apurado", algo que cai perfeitamente nas graças do público do Hardcore. Temos em mãos um EP, gravado e criado com o coração, ouça!

TRACKLIST

01 - Carpe Diem

02 - Pôr do Sol

03 - Fechando Cortinas

04 - Terceira Lei

05 - O Último Aniversário

FORMAÇÃO
Uill Alves - guitarra/vocal 
TonLoserKids - bateria
Lemos - baixo/vocal

SIGA BOX 47

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário