22 agosto, 2016

Especial: O Lugar de Mulher #3

É AONDE ELA QUISER!



Gisele Rocha é guitarrista da banda paulista de Thrash Metal, Eden Seed, com 43 anos a guitarrista tem como sua profissão a música e hoje vai nos contar um pouco sobre a sua religião e sobre a ideologia do Eden Seed.


Gisele, uma honra para nós estar entrevistando alguém tão promissor do Rock/Metal Nacional e poder conhecer um pouquinho sobre sua história que é no mínimo um pouco curiosa. Como foi seus primeiros passos na guitarra e como o Rock/Metal se tornou seu estilo musical favorito?

Gisele Rocha: A honra é minha por ser entrevistada pelo O SUBSOLO e eu fico muito feliz por isto, tá bom? Bem, eu venho de uma família que sempre teve forte ligação com a cultura em geral, e em especial com a música. Eu comecei estudando piano clássico com 8 anos de idade e acabei me encantando por um violão. Quando eu tinha 10 anos de idade eu conheci Black Sabbath, e eu amei a banda, e resolvi passar para a guitarra elétrica. Desde então, eu toco guitarra, e sempre gostei de metal em geral. Não é de fato o único estilo musical que eu gosto, mas metal é a minha grande paixão musical.

Um fato curioso é que você é muçulmana, correto? Além dos trajes típicos desta religião que te acompanham em apresentações e por aonde quer que você vá, o que mais este influi na sua carreira musical? Pode nos explicar um pouquinho sobre o que de fato sua religião prega?

Gisele Rocha: Eu penso que o fato de eu ser muçulmana não influi em nada na minha carreira musical. Na verdade é preciso ter em mente que a música e o Islam são coisas diferentes que apenas se encontram em mim mesma, e em outros músicos muçulmanos, simplesmente porque a música é a minha profissão, e o Islam é a minha religião. E uma coisa nada tem a ver com a outra. Talvez algo de sonoridade arabesca mas nem isto, porque eu amo música árabe e o flamenco, que é filho da influência árabe sobre a península Ibérica, desde criança, tá bom? O Islam é a mais nova das três religiões chamadas de "Abraâmicas" (Judaismo, Cristianismo, e Islamismo). O Islam prega acima de tudo a Unicidade do Criador, e o equilíbrio em todos os aspectos da vida. Islam deriva da palavra "Salam" em árabe, que quer dizer "Paz".

A nossa coluna insiste em mostrar que o lugar da mulher, é aonde ela quiser e nós acreditamos que elas são super bem-vindas ao palco. Como é sua visão sobre estas mulheres instrumentistas? Acredita que tem muito preconceito em volta de vocês?

Gisele Rocha: Hum, eu acho que a luta de uma mulher para ser uma musicista profissional respeitada nunca é fácil, e sim existe muito preconceito em relação a nós. No meu caso, o preconceito é duplo, porque eu sou mulher e muçulmana, e isto acontece devido ao pouco conhecimento que as pessoas têm sobre a minha religião também. Eu considero que todas as mulheres que seguem a carreira musical são guerreiras de fibra e valentia! Nós temos ótimas musicistas aqui no Brasil e no mundo todo, e a nossa luta é no sentido de sermos reconhecidas pelo nosso talento musical e profissionalismo, acima de qualquer coisa. Interessante notar que eu percebo algo mais leve em relação ao público mais jovem, o que é um bom sinal.

Vamos aproveitar o nosso bate-papo e falar um pouco sobre sua banda, a Eden Seed que recentemente fez sua apresentação de estréia. Como nasceu o projeto, como você conheceu o restante dos músicos e o que pretendem daqui pra frente?

Gisele Rocha: Tá bom, EDEN SEED é um projeto que nasceu a quase 1 ano atrás, quando eu saí da banda que eu tocava antes, e ele nasceu das experiências musicais entre eu e o Cláudio Marchese, vocalista da banda. Eu e o Cláudio Marchese nos conhecemos desde a infância, ele conhece toda a minha família e sempre fomos amigos. Durante 8 meses, eu e ele nos concentramos na criação do conceito da banda e das músicas do repertório. Quando sentimos que o projeto estava bem legal, nós fomos atrás dos outros músicos para completar o time. O Caio Caruso (baixista) foi apresentado por amigos músicos que temos em comum, e o Gilberto Meneses (baterista) apareceu através de um anúncio que eu postei na internet. Foi perfeito e a banda me deixa muito feliz com o trabalho. Nós estamos no momento gravando o primeiro vídeo oficial da banda, e pretendemos passar o segundo semestre de 2016 tocando por todo o Brasil. No começo do ano que vem, iremos gravar o primeiro álbum, e levar a banda para o exterior, onde eu sou mais conhecida como guitarrista do que aqui no Brasil. 

Olha é bacana conhecer diversas histórias no meio do underground e cada vez me sinto honrado em estar os conhecendo. Gisele, agradeço ter tirado um tempinho do seu dia para ter respondido algumas perguntas para a nossa coluna e queria deixar esse último espaço para você enviar uma mensagem para os leitores do blog.

Gisele Rocha: Eu é que me sinto honrada por conhecer vc e por conversarmos um pouquinho, e por ser entrevistada pelo blog O SUBSOLO. Muitas pessoas me perguntam sempre sobre qual é a minha mensagem. Bem, eu sou uma musicista e o meu foco é somente a minha arte, a minha música, este é o meio pelo qual eu me comunico com o mundo. Mas se me perguntam qual é a minha mensagem, a minha mensagem é só uma: Seja você mesmo, e Paz para todos! Be yourself, and Peace for all! E nos vemos nos shows do EDEN SEED!! Sempre com surpresas inusitadas em cada um dos concertos da banda. Salam!

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário