01 dezembro, 2016

Feminismo na Música: Anti-Corpos #1


Para dar início nessa nova coluna d'O Subsolo, na qual apresentaremos apenas bandas feministas, abriremos com uma das maiores do Brasil, Anti-Corpos

As paulistanas do Anti-Corpos já estão a muito tempo na estrada. Desde 2002, as meninas já se tornaram uma das maiores bandas feministas do Brasil. Em todos os seus shows, a banda brasileira tenta promover um espaço salvo para mulheres, lésbicas, inter e trans.

Em 14 anos, a Anti-Corpos lançou 5 trabalhos. O EP "Caminhos e Escolhas", que conta com 2 faixas; Participação com 2 músicas na coletânea "This is Santos Not S.P.", onde também há participação de Like a Texas Murder e Blackjaw; Segundo EP "Meninas Pra Frente", lançado em 2012; Terceiro EP "Contra-Ataque", em 2014; E o último EP: "Forma Prática de Luta", lançado em 2014. 

A banda faz um hardcore rápido, agressivo e direto. Com letras que vão te fazer prestar mais atenção na atualidade e em todas as coisas erradas que o mundo se tornou. Anti-Corpos já fez duas tour's na europa, onde todos os seus shows atualmente são feitos, devido a mudança da banda que saiu do Brasil e reside atualmente em Berlim, na Alemanha.

CONFIRA O VIDEOCLIPE DE "SORORIDADE"

"Amor não gera dor, violenta, humilha, nem odeia "


FORMAÇÃO
Rebeca Domiciano - vocal
Adriessa Oliveira - guitarra
Helena Krausz - bateria
Marina Pandelo - baixo


SIGA ANTI-CORPOS
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário