19 dezembro, 2016

Resenha: Heryn Dae - Heryn Dae (2016)

Reações. Qual a sua quando um álbum te ganha logo nos primeiros minutos? Ou melhor, qual a primeira coisa que você nota em primeiro lugar ao começar a ouvir um disco? Logo de cara o Heryn Dae me conquista pelo vocal forte, que mescla pegadas de Rock 'n Roll, Thrash Metal e Heavy Metal clássico, cada dia que passa estou ainda mais orgulhoso do cenário catarinense, sempre com uma surpresa boa que conquista e de encher os olhos.




Baterei na mesma tecla eternamente, quando o assunto for introdução. O Heryn Dae nos contempla com uma introdução visando dar um ar de suspense no que está por vir. Do álbum apenas a quarta e a quinta faixa, "nome" e "nome" respectivamente, não contém uma especie de introdução, o restante sempre com o seu mistério antes de crescer as boas composições apresentadas neste disco.

Impossível não designar méritos as linhas vocais, alternando entre graves, agudos, scream e em certas partes um "quase acústico", dando uma quebrada nas músicas. A afinação também contou muito para um bom diferencial, impossível não notar, não admirar e se surpreender, os vocais são muito bem criado, elaborado e executado, o vocalista "nome do vocal" tem todas as cartas na manga para conseguir se redobrar dando conta da roupagem ad banda, que alterna entre o Heavy Metal clássico e o Thrash Metal.

Para finalizar, afirmo que temos um grande álbum de Metal em mãos, mais uma relíquia catarinense. Vindo da terra que mais cresce no quesito "Metal", Heryn Dae não deixa a desejar com o seu som típico de quem tem fonte inesgotável de boas composições, afirmando também que o Heavy Metal pulsa firmemente em suas veias e que fazer música é o que mais gostam. Canções que alternam de harmônicas, pesadas e cadenciadas, o Heryn Dae se torna uma das maiores revelações da música pesada do sul de nosso país, resta aguardar as novidades que a banda trará, com certeza já estão pensando em um novo trabalho.





TRACKLIST
01. March To Die
02. Final Fantasy
03. Heryn Dae
04. Death
05. Shadow’s Prologue
06. Lucy
07. Kings of The Anarchy
08. Evil Fortress

FORMAÇÃO
Victor Moura – vocal
Juliano Bianchi – guitarra
Ricardo Bach – baixo

Cristiano Pereira – bateria

SIGA HERYN DAE
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário