17 janeiro, 2017

Resenha: Tears Öf Rage - Tears Öf Rage (2016)

Andei um pouco afastado das resenhas pelo fato de que a inspiração tinha fugido, porém, ao ouvir alguns discos novos, ela finalmente voltou. Recebi em meu e-mail pela "The World Metal" o link do disco do "Tears Öf Rage", ao ver que a banda é gaúcha e tem as raízes no Heavy Metal clássico, logo meu instinto ficou a flor da pele me dando indícios que veria coisas boas e não deu outra, tive até as surpresas de ouvir pitadas do Thrash Metal em meio as canções. 




Li pouca coisa a respeito da banda, formada em 2010, o Tears Öf Rage é de Caxias do Sul, do belo estado do Rio Grande do Sul, segundo seu release tiveram inúmeras trocas sonoras e de formação até fixarem nesta presente. Desde o primeiro contato com o vocal, me arrepiei, da um show quando as linhas são graves, mas dá um espetáculo quando as linhas são agudas, as guitarras totalmente sincronizadas e um baixo seco dando todas as coordenadas e liberdade as guitarras.

Eles conseguem incrementar cada música com uma pitada especial diferenciada, cada música tem o seu padrão e o seu diferencial, de longe soam parecidas e alternam a todo momento com uma bateria massacrante que lembra e muito o Metal clássico, sem firulas, sem viradas exageradas tudo na pitada certa. Talvez esse seja o diferencial da banda, ninguém tenta ser mais do que ninguém e cada um sabe o que pode fazer para ajudar "o time" e claro, um meio de campo muito bem feito, deixa o ataque em ótimas condições, nossos ouvidos apenas agradecem. 




Um ótimo álbum de Heavy Metal, arrepia dos pés a cabeça, sua produção é no minimo fascinante. Os vocais são com toda a certeza o diferencial de todo o som pregado, as baterias muitíssimo bem construída, com guitarras em perfeita harmonia e um baixo bem massacrante por debaixo dos panos. Ai que vem a parte de amadurecer as músicas e lançar na hora certa, o resultado é o esperado, uma banda que cuida de cada detalhe e pensa em cada segundo desenvolvido na música, para termos o que ouvimos, um álbum completamente fantástico. 
TRACKLIST
01 - Walk In The Valley Of The Shadows Of Death
02 - Devil's Child
03 - Tears Of Rage
04 - Vengeance
05 - Across The Bridge
06 - Eternal Torment
07 - Collapses In Paradise

08 - Curse Of Eternity

FORMAÇÃO
Luan Mussoi - guitarra e vocais
Cristian Porto - baixo e vocais
Cleber Reis - vocal e guitarras
Guilherme Adamatti - bateria


SIGA TEARS ÖF RAGE
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário