02 fevereiro, 2017

Feminismo na Música: Bulimia #2

Dando continuidade a nossa coluna, Feminismo na Música, após citarmos Anti-Corpos, damos a vez a extinta Bulimia. Uma também feminista que luta, através de suas letras, contra a cultura machista ditada pela sociedade e pela mídia. 



A banda foi formada em 1998 por Bianca e Berila. O nome "Bulimia" foi escolhido, é claro, por causa da doença. Bulimia atinge muitas mulheres que ficam obcecadas por um padrão de beleza imposto pela sociedade. 

A "Punk Rock Não É Só Pro Seu Namorado", virou o hino da banda. Escrita por Bianca, a música fala sobre os machistas que tratam a mulher como objeto e submissa a eles. 1 minuto de puro punk rock. 

OUÇA "PUNK ROCK NÃO É SÓ PRO SEU NAMORADO"

Natural de Brasília/DF, a Bulimia tinha três passagens por demos, Demo Tape, em 1998, Punk Rock Não É Só Pro Seu Namorado - vol I, em 1998 e Up the Grrrl, em 2001. Seu primeirio e único álbum "Se Julgar Incapaz Foi O Maior Erro Que Cometeu" foi lançado em 2001. A banda era formada por Berila, Bianca, Iéri, Naiana e Silvia. Naiana participava no lugar de Silvia, devido a incompatibilidade de horários da banda, e isso a tornou da banda. 

Antes do lançamento de "Se Julgar Incapaz Foi O Maior Erro Que Cometeu", a baterista Berila, e seu namorado Bil, morreram afogados em um acidente na Chapada dos Veaderos. Confira a matéria no estadão: aqui. Esse foi o motivo para a banda ter acabado.

Mas o legado de Berila, e da Bulimia, segue através de seu álbum. Tudo o que podemos fazer por elas é ouvir, compartilhar e entender a mensagem! 

OUÇA "SE JULGAR INCAPAZ FOI O MAIOR ERRO QUE COMETEU"

FORMAÇÃO
Iéri - vocal
Bianca - guitarra/voz
Naiana - baixo/voz
Berila- bateria


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário