14 maio, 2017

Cobertura: Rhapsody / Farewell Tour (Tom Brasil - São Paulo/SP)

Estivemos presentes no Rhapsody, em sua turnê de despedida. Iniciarei esta resenha parafraseando Lemony Snicket (desventuras em série): "Se você deseja uma resenha bonitinha e agradável, procure outra resenha..." Ok, não foi ruim, se é esse seu medo ao ler isso. Só foi..... (lembre-se que sou tecladista e admirador da banda) esquisito!


O evento aconteceu num Domingo, no Tom Brasil, uma casa espaçosa, realmente ampla, bem arejada, iluminação bacana, tinha até um mini-restaurante para os mais "frescos", rs. No ingresso constava as seguintes informações: "horário do show 20:00hrs, abertura dos portões 2 horas antes", mas não falava nada sobre a banda de abertura, até que surge a banda... quem? Adivinha? Armored Dawn!!!!!! (O nome da banda estrategicamente não tem nenhuma letra S, senão eu trocaria por um $). Eu mesmo já rasguei elogios para a banda (ver resenha do Sabaton), e agora não posso fazer diferente. Os instrumentistas são incríveis, cada um com seus atributos, executaram perfeitamente todas as músicas, foi tudo excelente, resumindo para não falar demais. Enfim, cortinas fechadas, luzes acesas, 15 minutinhos de atraso, telão informa sobre as saídas e e todas as informações desnecessárias, até que... Cara, senti o sabor da minha adolescência na ponta da língua nesse momento, foi quando a cortina se abriu e lá estava ele, o lagarto Rhapsódico em chamas.

A Epicus Furor começou e a banda entrou, e Emerald Sword e &¨$&¨%&T que ANIMAL! Pois é.... mas..... mas..... (sim, eu já sabia, mas....) cade o teclado? Vou reescrever sobre a entrada da banda, sem a adolescência na ponta da língua dessa vez, ok? A casa tem capacidade para 4000 pessoas, segundo o ingresso, temos + ou - 60% de lotação, pista vip com um grande vazio ao fundo. Quando iniciou a introdução e a banda entrou foi realmente incrível, mas como o tecladista faz falta. O Sr Lione foi incrível, falando em português macarrônico perfeitamente claro, todos super carismáticos, um setlist com tudo o que todos queriam ouvir nesta noite. Teve música inédita brasileira, teve música inédita pra banda, foi bem interessante mesmo. Dado momento, Lione avisa que haverá gravação de videoclipe no show e foi nesse momento que o público delirou de entusiamo. Enquanto o show continua com pouquíssimos momentos baixos, teve até trecho de ópera, realmente todos em ótima forma. Solo de bateria, solo de baixo, nada de guitarra, mas ao longo do show ambos deram seu show, só abrirei um parenteses aqui para dizer o seguinte: ("[{ poxa... estamos em tour mundial, é despedida, o brother não quis participar... ou tira essa p&¨¨$# na guitarra ou chama um outro amiguinho pra fazer teclado ao vivo..... isso seria, na minha opinião, o Nightwish trazer samples de voz pronto, to mais calmo agora }]"). É chegada Dawn of Victory, e Lione então avisa que agora sim o clipe será gravado, e o público não deixa por menos e realmente faz a festa. Entre elogios e brincadeiras, a banda deixa o palco e fica 5 minutinhos respirando até o retorno para o bis.



Nesse ponto o público enlouquece, canta refrão de Dawn of Victory novamente, grita, pede mais, energia bruta mesmo. Retorno triunfal, Rain of a Thousand Flames, Lamento Eroico e Holy Thunder Force, fechando com chave de ouro. Os italianos passaram a mensagem, foi sensacional, a adolescência volta, os momentos voltam, saí cantando junto algumas músicas que eu não imaginava que lembraria a letra. Só foi triste... Realmente triste no backdrop estar escrito o Farewell e etc.... Mas é isso, um show de despedida com dignidade! Saíram de cena deixando uma ótima lembrança... (e ainda estou me segurando pra não escrever sobre a banda de abertura... ) 

SETLIST
Epicus Furor
Emerald Sword
Wisdom of the Kings
Eternal Glory
Beyond the Gates of Infinity
Knightrider of Doom
Wings of Destiny
The Dark Tower of Abyss
Riding the Winds of Eternity
Symphony of Enchanted Lands
Drum Solo (By Alex Holzwarth)
Land of Immortals
The Wizard's Last Rhymes
Bass Solo (By Patrice Guers)
Dawn of Victory
Encore:
Rain of a Thousand Flames
Lamento Eroico
Holy Thunderforce
In Tenebris 
Gargoyles, Angels of Darkness
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário