04 maio, 2017

Dicas: dez dicas para uma banda iniciante #2

Este novo artigo do blog deu tão certo, que resolvemos criar mais dez dicas. Leitores do blog interagiram e enviaram suas sugestões, alguns músicos até agradeceram pelo o que postamos e isso é bacana. Por isso, resolvemos dar continuidade e agora vocês vão ler mais dez dicas. Dando continuidade no "dez dicas para uma banda iniciante", lá vamos nós:




01) - O ensaio é fundamental para a execução de um bom show. Se você não tem vontade de ensaiar e não se sente bem em um ensaio, reveja seu lugar na música. O ensaio além de ser um momento de encontro com seus amigos, também é um lugar aonde pode ser usado para relaxar e tirar o estresse acumulado da semana toda. Ensaiar as músicas do setlist, mesmo que sejam de sua composição é o minimo para um show bem executado, além de tudo, ajuda a se entrosar com os outros componentes da sua banda.

02) - Dê a maior atenção que você puder para as mídias independentes. Hoje em dia a maior reclamação de quem trabalha com mídias, são que as bandas demoram a responder entrevistas e muitas vezes não compartilham em suas redes as matérias relacionadas a elas. Ultimamente nem as bandas no mainstream sobrevivem sem as mídias, por isso seja atencioso e preocupado com suas matérias divulgadas.

03) - Não toque em troca de bebidas ou de graça. Pode existir exceções aonde tocar de graça é válido, não venha dizer que não. Porém em certos lugares você tocar por bebidas ou até mesmo de graça, você faz com que outras bandas tenham que fazer o mesmo. Isso pode custar duas coisas ruins, desvalorizar a sua banda, queimar o nome da sua banda com outros músicos/bandas e desvalorizar o mercado artístico em sua cidade. Pense muito bem antes de fazer certos acordos, as vezes pode não ser tão bem aceito assim.

04) - Construa uma logo que transpareça o estilo da sua banda. Já imaginou uma banda de pagode com uma caveira como logo? A sua logo além de ser bem construída também tem que transparecer o estilo da banda e claro, agradar o gosto dos músicos também. Um bom logo faz toda a diferença em um flyer de divulgação de um show.

05) - Quando for tocar, monte um flyer para divulgar em suas redes. Mas que não seja qualquer flyer, em certas ocasiões um público que não conhece as festas de uma determinada casa ou pub, julga pelo flyer. Divulgar e deixar seus amigos informados sobre como anda sua carreira artística é bacana e eficaz, afinal seu primeiro público são seus amigos. Mas cuidado com a arte do flyer, é uma parte crucial também.

06) - Fuja da mesmice, disto o cenário está cheio. Muitos músicos antes de formarem uma banda, certas vezes não optam pelo o que gostam e sim pelo o que o público está dando atenção. Para mim, isso é o maior erro que ele pode fazer. Faça a sua banda ser notada por algum diferencial, músicas diferentes e algo que chame a atenção, quando descobrir o que é, invista nisto.

07) - Seja uma explosão em palco, sinta a sua música. Hoje muita coisa que está deixando a desejar são as bandas que tem múmias no lugar de músicos. Se você ficar parado em cima do palco, o público também ficará parado, seu público é transparência de como você é no palco. Se o guitarrista se joga no chão ao solar uma música, com certeza quem está assistindo não ficará parado e assim aos poucos você vai conquistando um novo público.

08) - Tenha cuidado com o seu figurino, certas vezes contam muito. Não sou alguém para julgar como uma banda deve se vestir, mas eu não acharia bacana vendo alguém tocar de chinelo de dedo, mas de pantufa de bichinho eu iria achar hilário. Figurino despojado e trajes engraçados geralmente conquistam um público de imediato, mas não adianta apenas se vestir assim, lembra-se da dica 07. Sobre o figurino, encaixa-se perfeitamente também a dica de abusar nos cenários usados no palco, bandeirões são muito bacana.

09) - Você precisa de destacar e não culpe sua falta de técnica por isso. Conhecemos músicos que não tem tanto talento mas se destacam mais do que outros que tem. Determinação e foco é crucial para que tudo de certo, se você se sacrifica a ponto de querer que de certo, isso vai dar. Sempre acreditei que a vontade e a determinação, em certos casos derrubam os talentosos e preguiçosos. Correr atrás é o minimo que você pode fazer se acreditar em si mesmo e claro, você tem que acreditar em você mesmo o tempo todo. O seu foco lhe manterá em pé para conquistar as glórias, pense sobre isto.

10) - Um álbum completo ou um ep com poucas faixas, qual você deve lançar? Se você tem vinte músicas muito bem feitas, você deve lançar o maior número delas que você conseguir (financeiramente falando), acredito que um músico que compõem para encher linguiça possa vir a dar um tiro no próprio pé. Se você tem cinco músicas muito bem executadas, o seu ep será melhor visto do que um álbum seu com mais de dez faixas empurradas com a barriga para completar o disco. Inicie o trabalho com pés nos chãos, não enfie os pés pelas mãos, isso pode arruinar sua carreira já no começo.

Quais dicas você acha que deveria estar no #3?
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário