25 maio, 2017

Resenha: Morenas Azuis - Morenas Azuis (2014)

Foi em 2013 que surgiu na cidade de Brusque, Santa Catarina, um Power Trio de Punk Rock chamado Morenas Azuis. A banda sempre foi formada pelos mesmos integrantes, Pio no Baixo, Renan na bateria e Lucas Rhuan na guitarra e vocal. O interessante é que os membros já se conheciam de outras bandas da cena local e a forte influência em comum os fizeram a arriscar nesse novo projeto, um anagrama de "Ramones" deu o nome "Morenas" e a quantidade de discos com capas na cor azul brindou o nome Morenas Azuis.



Uma banda que deveria servir de exemplo pelas suas atitudes, investem muito em videoclipe, merchandising, canções autorais novas e em ensaios exaustivos.  Apesar das suas raízes no Punk Rock, a banda carrega influências do Hardcore e é impressionante como a sintonia de três integrantes aparenta ter mais membros no projeto, pois o guitarrista Lucas Rhuan consegue coincidir bons riffs de guitarra com os vocais, algo que ao meu ver é difícil, geralmente os guitarristas se prendem a fazer bases simples para não se perder nas músicas, sem falar nos ótimos solos executados nas músicas.

A cozinha é como uma cozinha Punk Rock deve ser, pesada, harmônica e coesa. Quem já assistiu uma apresentação ao vivo do grupo, sabe da potência da bateria, Renan é um lenhador nato, lembra muito as declarações do mestre John Bonham que dizia que gostava de tocar com baquetas grandes, pois era isso que dava o peso de sua bateria, com Renan não é muito diferente, o cara consegue ser barulhento e ao mesmo tempo demonstrar bom desenvolvimento nas músicas.



A explosão da banda fica por conta de Fabio Pio, o baixista consegue dar aquele ótimo peso por debaixo das canções e ao mesmo tempo executar bons vocais de apoio, sem falar que é um ótimo compositor. No disco encontramos músicas que grudam na cabeça como "Sortudo" que nos encanta com seu refrão com uma métrica chiclete (pelo lado bom, claro) ela gruda na cabeça e nos faz cantarolar junto. Outras músicas já chamam a atenção pelo instrumental como "Disfarce" e a minha favorita do disco "Óbvio" que inclusive tem um videoclipe. (assista acima)

Felicidade de encontrar esses caras pela estrada da música independente, com certeza não há dinheiro que pague. Conhecer novas histórias, novas pessoas e novas sonoridades é muito gratificante, estou louco para conferir o play do "Tudo Pelo Social" álbum de 2016 que também receberá resenha, aos amantes do bom Punk e aqueles que tem um carinho pelo Hardcore, deveriam ouvir esse disco e acompanhar a banda, super indico.

TRACKLIST
01 - Toda noite
02 - Nada a perder
03 - Sala de estar
04 - Óbvio
05 - É o que eu digo
06 - Disfarce
07 - Sortudo
08 - O preço

FORMAÇÃO
Lucas Rhuan - Guitarra e voz
Pio - Baixo e voz
Renan - Bateria e voz

Ficha Técnica
Gravado por Davi Pacote no Hill Valley Studio e Music Box Studio, entre 6 e 13 de setembro de 2014 em Porto Alegre - RS.

Mixado e masterizado por Davi Pacote no Hill Valley Studio em Porto Alegre - RS.

Produzido por Davi Pacote e Morenas Azuis.
Todas as músicas por Morenas Azuis

SIGA MORENAS AZUIS
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário