03 junho, 2017

Topfive: cinco bandas para ouvir neste final de semana #35 (Especial)

Esse topfive com edição especial nos permitirá a abrir nossos olhos e desistir de uma vez por todas e tirar o tema que nos assombra, "O Rock nacional morreu" de nossas mentes. Morreu para quem não procura, resolvemos fazer um especial sobre bandas de Rock/Metal da Bahia. Confira as primeiras cinco indicações:



01) Godslayer - Viking Metal - Guanambi/BA

Nascida em 2011 e com inicio de apresentações em 2013, a banda vem do interior da Bahia. O Godslayer é uma banda de Viking Metal que compõem suas canções inspirados em temas nórdicos. Cantando sobre batalhas e histórias nórdicas, o grupo prioriza a criação de músicas autorais desde sua fundação, fora o Viking Metal a banda tem em suas raízes o Thrash, o Death e pitadas de Black Metal em seu instrumental, o que não os prende criativamente.

Acompanhe a banda pelo Facebook



02) Rattle - Thrash/Death Metal - Salvador/BA

A segunda indicada vem lá da capital da Bahia. A Rattle foi formada em meados de 2009, começando a desenvolver sua sonoridade em constante evolução, inspirados em grandes bandas do Thrash dos anos 80's e 90's, além do Death Metal a banda também carrega influências do Heavy Metal tradicional. O grupo já dividiu o palco com grandes nomes do Metal nacional. Seu primeiro disco foi lançado em 2011, intitulado "Pain is Inevitable". Até os dias atuais é considerada umas das bandas mais clássicas do estado da Bahia.

Acompanhe a banda pelo Facebook.




03) Veuliah - Death-Dark Metal - Salvador/BA

Veuliah foi formada na década dos anos 90's, mais precisamente em Outubro de 1996, na capital baiana. A proposta inicial era de fundir o Death Metal com melódicas de teclado, alternando, assim, a agressividade e a morbidez com suaves harmonias, com o intuito de arquitetar uma sonoridade complexa, em um clima sombrio e brutal, assim como o Death Metal exige, porém, com características singulares que ligariam a sonoridade ao Veuliah. O grupo se destacou, pois para a época, era algo pioneiro e conquistou assim, rapidamente a aceitação do público. A banda ainda se encontra em plena atividade, seu último disco foi lançado em 2013, enriquecendo ainda mais o seu acerco que tem lançamentos em 1997, 2003, 2005, 2011 e 2013. A formação atual da banda conta com: 
Fabio Gouvêa (vocal), Julio Gouvêa (guitarra), RicardoSanct (guitarra), Leandro Campos (baixo), Luciano Veiga (teclado) e Ricardo Agatte (bateria).

Acompanhe a banda pelo Facebook.





04) Natural Hate - Thrash Metal - Caetité/BA

Natural Hate, é um power trio de Thrash Metal formado em Caetité na Bahia, surgindo com o anseio de produzir uma sonoridade que até então esteve praticamente esquecido em sua localidade. Porém em 2010 o trio, Vinicius Toledo (vocal e guitarra), Felipe Neto (baixo) e Sandino Queiroz (bateria) deram a primeira banda do gênero em sua terra natal. Incrivelmente desde a primeira apresentação o grupo já se propôs a apresentar músicas autorais, com composições fortes e enriquecidas, deixando o publico boquiaberto perante a tal iniciativa e disposição. A critica social está enraizado em seus músicos, o grupo vem conseguindo uma boa representatividade no cenário alternativo na região, com apresentações inclusive em festivais independentes. 2012 foi marcante para a banda, foi quando lançaram seu debut "Delivery Service of Chaos", que contém dez músicas e sendo distribuído além de CD's em versões K-7 também, tudo isso com o apoio da Cranio Records.

Acompanhe a banda pelo Facebook.


05) Vivendo do Ócio - Rock - Salvador/BA

Em meados da primeira década do século XXI, das ruas históricas do Pelourinho, nasce do tempo livre de dois amigos que faziam rock sem pensar em nada mais além do que se divertir: a Vivendo do Ócio. Jajá Cardoso (vocal e guitarra), Luca Bori (baixo e vocais), Davide Bori (guitarra) e Dieguito Reis (bateria) começaram em 2006 tocando nas casas de show do boêmio bairro do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Com produção de Rafael Ramos, lançaram seu primeiro disco “Nem Sempre Tão Normal” (Deck/2009) e, concorrendo com milhares de artistas novos, ganharam o prêmio “Aposta” no VMB MTV 2009. Na época, para expandir mais o som da banda mudaram-se para São Paulo. Os baianos encararam a dura rotina paulistana e começaram a tocar na cidade e no resto do Brasil. A turnê continuou em 2010, em julho veio o primeiro show no exterior, o Brazilian Day London (2010), onde, representando o rock do Brasil, a VDO tocou para mais de 15.000 pessoas. Também se apresentaram em Den Haag, na Holanda, no Festival International De La Musique, e em Londres no Dublin Castle, clássico pub de Camden Town por onde já passaram nomes como Madness, Amy Winehouse e Arctic Monkeys. No ano seguinte voltaram a Europa para dividir palco com Lou Reed no Italia Wave Love Festival e fizeram outros shows por lá. De resto, a história ainda continua sendo escrita pela Vivendo do Ócio.

Acompanhe a banda pelo Facebook.



Indique sua banda para estar no nosso topfive ou em outras matérias, acesse www.facebook.com/osubsolo.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário