24 junho, 2017

Topfive: cinco bandas para ouvir neste final de semana #38

Aqui estamos para mais uma edição do Topfive, trazendo cinco ótimas opções de bandas pra você curtir durante o final de semana. Como todos já sabem, o cenário nacional de rock e metal está lotado de talento e boa qualidade. Então, vamos lá?



1- Blame - Hard Rock - Santo Amaro da Imperatriz/SC

Blame é uma banda inspirada no rock dos anos 90, trazendo influência de Pós-Grunge e Hard Rock, com muitos riffs e distorções de guitarra. As letras são em português e expõem mensagens muito interessantes, aliadas a um som envolvente. Os clipes dos caras são muito bem produzidos. Bora conferir?





2- Alcoólicos Sexuais - Rock- Porto Alegre/RS

Desde 2014, a banda gaúcha Alcoólicos Sexuais traz temas relacionados a sexo, drogas e rock'n'roll. Seus EP são intitulados "A putaria continua" (2015) e "Bar, putas e o resto que se foda" (2016). O recente CD vem com o título "Bem vindo ao Inferno". Uma banda bem ousada e sem medo de falar o que pensa. 




3- Khrophus - Death Metal - São José/SC


Fundada em 1993, o trio Khrophus permanece na ativa fazendo muito som pesado. A banda já se apresentou em diversos festivais brasileiros e esteve em turnês europeias e sul americanas. Se era música pesada que vocês estava buscando, aqui está Khrophus!





4- The Knickers - Heavy Metal - Fortaleza/CE

The Knickers é uma banda totalmente feminina. As moças apresentam toda a força do rock com músicas autorais e muitas enérgicas. Aqui você confere uma música do novo EP: "Fight for the Life".




5- Rest in Chaos - Thrashcore - Florianópolis/SC

Um novo quarteto para integrar a cena underground de Santa Catarina. Rest in Chaos é uma banda muito atual, que já chegou mostrando alta qualidade musical, velocidade e peso. Abaixo o primeiro som dessa banda que promete!




E aí? Gostou? Deixe seu comentário! Você também pode indicar sua banda através do email contato@osubsolo.com ou nossa página no facebook.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário