16 julho, 2017

Resenha: Tudo Pelo Social - Morenas Azuis (2016)

Pela primeira vez, resenho uma sequencia de discos de um mesmo artista independente. Hoje sou assumidamente fã do trabalho do Morenas Azuis, acreditando que pequenos detalhes ainda são salvos pela capacidade do trio mais doido de Brusque, Santa Catarina. Depois de ter resenhado o primeiro disco lançado pelos catarinenses, o autointitulado "Morenas Azuis" lançado em 2014, procurei dar um tempo para ouvir com calma o "Tudo Pelo Social" lançado dois anos mais tarde.




Por mais que o nome da banda já seja uma analogia a Ramones, podemos esperar um verdadeiro Punk enraizado nas músicas do trio, porém vejo muito mais influências do que apenas Ramones, vejo pitadas de Pennywise, Descendents, Face to Face e outras bandas clássicas de Punk. Morenas Azuis também investem em ótimos refrões, estes soando chiclete em algumas vezes pela métrica usada que fica na cabeça, fazendo assim cantarolar a música sem querer, quase que automático.

A banda que é formada por Lucas Rhuan na guitarra e vocal, Fabio Pio, baixo e vocal e Renan Whust bateria e vocais de apoio, tem uma sintonia forte o que para uma boa banda é necessário o mínimo disso. Por mero olhares os caras se entendem e os ensaios fulminantes trazem ótimos resultados. A facilidade de composição é impressionante, o trio sabe como compor e compõem juntos todo o trabalho. A banda tem uma logística muito afiada, caixinha da banda onde os membros depositam um valor x para emergências, ensaios e investimentos, sendo que foi assim que conseguiram gravar videoclipes e os dois discos, lembrando, ambos discos gravados em Porto Alegre.




"Tudo Pelo Social" traz inovações, como participações de trompetes, trombones e também participações em backing vocais. Nos trombones foi convidado o músico, Paulo Jaske Junior, que participou das músicas: "Gente", "Círculos" e "Anseios", sendo que nessas faixas também teve a participação de Alex Sandro Cezar com os trompetes. A musicista July Siebert participou em "Cuidado" enquanto Otto Branco participou em "Quem Sou?" e Christian Starhan Silveira em "Gente" todos estes participações em backing vocals. Particularmente, gosto muito de participações, acho que abrilhanta o trabalho e só tem a agregar, são tipo de coisas que não alteram a sonoridade apenas tem a somar e dar outro destaque as músicas, trazendo uma opinião/visão de fora e conseguindo conduzir junto da banda uma melhor performance das músicas, esse disco é um dos meus favoritos que conheci esse ano.

 TRACKLIST
01 - Quem sou?
02 - Gente
03 - Círculos
04 - Medo de Mim
05 - O que?
06 - Vai a vida
07 - Pátria armada
08 - Anseios

09 - Cuidado

FORMAÇÃO
Fabio Pio - baixo e vocal
Lucas Rhuan - guitarra e vocal
Renan Wust - bateria

SIGA MORENAS AZUIS
FACEBOOK / YOUTUBE
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

  1. Coisa linda amigão! Obrigado por continuar com esse trampo foda de vocês! Abraçooo

    ResponderExcluir
  2. Coisa linda amigão! Obrigado por continuar com esse trampo foda de vocês! Abraçooo

    ResponderExcluir