Resenha: Consuming Impulse - Pestilence (1989)

O dia 25 de dezembro nos remete ao Natal, porém no ano de 1989, o mundo era presenteado com uma grande obra do Death Metal mundial. Os holandeses do Pestilence apresentavam “Consuming Impulse”, álbum que se aproxima dos seus trinta anos, mas continua muito atual e tem muito a ensinar paras as novas gerações do metal da morte.




Situando melhor, o Pestilence formou-se no ano de 1986, sendo que nos seus primórdios seu som remetia muito mais ao Thrash Metal com ares de Death Metal, tais características são possíveis de serem percebidas no álbum de estréia "Malleus Maleficarum” (1988), porém no segundo álbum o Death Metal tomou conta, e não apenas isso, pois nasceu um monstro, já parte dessa mudança pôde vir da nova formação, pois Patrick Uterwijk assumiu uma das guitarras, substituindo Randy Meinhard, e aliado a ele temos Patrick Mameli na outra guitarra, além de Marco Foddis na bateria e Martin Van Drunner no baixo e vocal. 

Antes de mais nada, confira a capa, totalmente agonizante, e prepare o ouvido para o que está por vir, “Dehydrated" é um abre alas brutal, violento e sem piedade, "The Process of Suffocation" mostra bem a dose de cadencia no seu inicio e pode até te enganar, mas a fúria vem latente a cada verso.

Se precisasse apresentar o trabalho para alguém que não conhece a banda, com certeza a primeira música que eu mostraria seria ”Suspended Animation”, pois o clima que essa música causa é assustador.

“The Trauma” faz juz ao nome e irá causar exatamente isso nos ouvidos mais sensíveis, aliada a bateria bem marcada de “Chronic Infection”, mostrando o quanto os holandeses tinham evoluído tecnicamente.

“Out of the Body” ganhou um clipe promocional e possui um dos riffs mais marcantes do Death Metal, sendo que tal título de música marcante encaixa-se perfeitamente para “Echoes of Death” e “Deify Thy Master”.

“Proliferous Souls” tem um belo interlúdio o que desemboca em mais um pesadelo sonoro, recurso parecido aparece em “Reduced to Ashes”, seu início quase Doom leva o ouvinte a uma quebra caótica de andamento e fecha o trabalho como se iniciou, uma pedrada.

Hoje o Pestilence é um dos grandes nomes do Metal da morte europeu e Consuming Impulse é um item essencial para quem curte as vertentes mais extremas do metal.

E os bangers catarinenses vão poder presenciar a imponência desse álbum bem de perto pois a banda ira realizar uma turnê pelo Brasil e se apresentará em Pomerode no dia 14 de abril no Wox.

FORMAÇÃO
Martin Van Drunen - vocal / baixo
Patrick Uterwijk - guitarra
Patrick Mameli - guitarra
Marco Foddis - bateria


TRACKLIST
01) Dehydrated 
02) The Process of Suffocation 
03) Suspended Animation
04) The Trauma 
05) Chronic Infection
06) Out of the Body 
07) Echoes of Death 
08) Deify Thy Master 
09) Proliferous Souls 
10) Reduced to Ashes
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário