Resenha: Renovo - Commando 47 (2016)

Recentemente, o Commando 47 foi contemplado com o prêmio catarinense de melhor banda do estado do ano de 2017. Natural de Joinville/SC, o grupo une Rock, Rap, peso, melodia e muita criatividade. O EP "Renovo" tem uma forma natural de encantar e deixar-nos boquiabertos, com clareza, objetivo e renovação, sim, os caras tem tudo pra trazer aos ouvidos do público o Nu Metal, com pequenas adições de New Metal que estava um pouco no esquecimento, mas que foi uma febre no início dos anos 2000's.




A ligação entre os versos cantarolados em forma de Rap e já com refrões cantados com mais peso, trazem um pouco mais de percepção na proposta apresentada. Para mim, a grande sacada do disco é a música "Marcas" que traz um acústico envolvente e que nos contempla com a obra de arte com uma letra mais poética e mais pessoal, notório todo o sentimento depositado e que vai além de sentimentos, expressões e até de transparência musical.

Quando uma banda consegue alcançar o objetivo traçado, tudo fica mais fácil. Consigo notar como citado acima, muito sentimento envolvido, mas mais do que isso, a banda consegue mostrar uma maturidade acima do normal, trazendo uma sonoridade que está escassa no cenário nacional, quem dirá no catarinense. Sabendo como compor, tudo fica mais fácil, os fraseados nem sempre trazem rimas pontuais, mas trazem abordagens inteligentes e de ótimo entendimento, quando digo entendimento, falo de mensagem passada e entendida.

Claro que tudo parte de um ideal, qual é o nosso? Já parou para pensar e analisar tudo o que está em nossa volta? Nem todo Rock é gritado, assim como nem todo é com vocal limpo, mas arte, é arte. O importante de tudo, é saber sobre o que ouvimos, sobre o que cantamos e o mais importante, "Qual mensagem queremos passar?". Não se faz música por fazer e tampouco compõem por apenas compor. Já parou também para pensar quantas canções temos engavetadas pelo medo de transmitir sentimentos? Commando 47 traz um EP muito bem gravado e com qualidade fantástica, canções espontâneas, com a clareza da mensagem de um mundo melhor.

Material entrega pel'A Hora Hard.



FORMAÇÃO
Bruno Fri - vocal
Jhonatan Marques - vocal e guitarra
Tiago Souza - guitarra
Lauro Junior - baixo 
Ruan Corrêa - bateria

Kohai - DJ

TRACKLIST
01) Marcas
02) Semelhantes
03) Renovo part. Victor Pradella
04) Não sou Daqui

05) Buscar Viver



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário