Resenha: Coletânea Vol. 10 - Roadie Metal (2017)

Dez coletâneas são para poucos. Um trabalho que suga todas as energias, mas que cada vez da maior visibilidade ao Site e Rádio Roadie Metal. A luta de quem está procurando um underground mais intenso, sempre é suada e os valores hoje em dia não ajudam. Correios e seu trabalho fracassado, além dos péssimos prazos de entrega, um valor absurdo e tem disco que chega literalmente quebrado. Gráficas precisam jogar seu valor la no alto cada vez que o dólar sobe e cada vez mais as burocracias vão dificultando, mas existe quem não desiste fácil e continua nesse caminho árduo. 



Talvez em minhas mãos a coletânea mais diversificada que já recebi da Roadie Metal e claro, como qualquer coletânea (inclusive as d'O SubSolo) a oscilação de qualidade está presente, não digo qualidade técnica e sim da qualidade da gravação. Ao começar ouvir é bom largar toda aquela raiz tr00 de que só gostamos de Metal Extremo e o que se une a isso em um disco é ridículo. Não, ridículo é esses rótulos intermináveis que só enfraquecem nosso cenário. 

Por se tratar de 36 (trinta e seis) bandas, vamos falar das que mais me chamou a atenção. No disco 1, o Exorddium sempre foi uma banda que me chamou atenção pelo seu Heavy Metal pegado, assim como a segunda faixa que é uma surpresa para mim a banda Spherastral também com um Heavy Metal oitentista muito bom. Tupi Nambha é algo diferente e algo que me agradou os ouvidos. Anfear é uma antiga conhecida e sempre com ótimas canções, métrica vocal impressionante. O Metal sinfônico dos candangos do Perpetual Legacy nunca passa despercebido. The Melties que bebem muita na fonte de Motorhead, também apresentam uma sonoridade impressionante. Alma Negra e Sumerius soam agradavelmente, mas falta uma pitada a mais que não consigo explicar, estão no caminho. Peltstrok é uma banda que sempre gostei, vi várias vezes ao vivo e me impressiona como estão investindo em seu trabalho, merece o destaque.

Disco 2:

A intensa "Expurgo" do Inner Flames já chega com os dois pés no botar o disco 2. Em seguida a agressividade não da trégua e é a vez de Place To Die trazer a música "The Cohesion of Your Acts". Hollow Dead ouvi em outras ocasiões e agora com mais atenção ela traz uma sonoridade peculiar. Kalonia e sua pegada Thrash com Hardcore na faixa "The Blame Will Haunt You". Apesar da qualidade da gravação não ser tão boa, a música do Ufrat, demonstra um nível técnico que se evoluir e procurar acertar os pontos fracos, vai ter futuro. A sombria e bem composta "Senhor do Caos" da banda Gravekeepers trazem elementos diferentes e que acrescentam e muito na música, com ótimos solos e bom vocal. Veumor é uma banda curiosa, desperta interesse com seus ótimos riffs e vocal bem cadenciado e pesado. Fechando o disco dois de bandas que me chamaram a atenção, a excelente One Thousand Dead, peso, técnica e boa pegada do Thrash.

Arte visual é simplesmente a mais bonita de todas as dez edições, mas pela prévia que visualizei do volume 11, pode ser que seja superada logo. O material visual fica por conta do excelente músico e designer Marcelo Nespoli, que vem fazendo um trabalho junto da Roadie Metal impecável quando o assunto é artes gráficas. Estar numa coletânea é uma oportunidade única para bandas, que não tem condições de lançar o material físico de seu EP/CD.

Que venha o décimo primeiro volume e que essa divulgação nunca tenha fim.

TRACKLIST
DISCO 01

01) EXORDDIUM - Hail
02) SPHERASTRAL - My Destiny
02) TUPI NAMBHA - Invasão Alienígena
04) DIXIE HEAVEN - Riding the Thunder
05) HOLDER OF SOULS - Holder of Souls
06) ANFEAR - Lady of the Rivers
07) PERPETUAL LEGACY - Looking for the Endless Light
08) RUI CAMPOS - Sobre o Tempo
09) THE MELTIES - Hit Me
10) ATRORIUM - One More Victory
11) HECTOR RIBEIRO - Between Life and Death
12) KABESATÉLITE - Verme
13) ALMA NEGRA - Verdades Controvérsias
14) SUMERIUS - Tudo ou Nada
15) VOLÚPIA - Rebelião
16) PELTSROCK - Oceanos
17) EM CHAMAS - Devil in My Mind
18) JOHNNY O’RIVER - Koctive


DISCO 02
01) INNER FLAMES - Expurgo
02) PLACE TO DIE - The Cohesion of Your Acts
03) THE DAMNED HUMAN FLESH - Ruínas
04LONE HUNTER - The Wake Up of Angry
05HOLLOW HEAD - Disrupted Conduct
06KALONIA - The Blame Will Haunt You
07COLLAPSE NR - Chega!
08UFRAT - Confronting Death
09GRAVEKEEPERS - Senhor do Caos
10) VEUMOR - Insula Morgue
11) THRASHALL - Recaída
12LAMENTO - Elysium
13AÇÃO LIBERTÁRIA - Cidadão de Bem
14CRUSHING SOULS - Nossos Inimigos
15MONSTERHEAD - This Perfect Game
16REVENGE RITUAL - Jogado as Traças
17ONE THOUSAND DEAD - Infernizando
18SONS OF RAGE - The Two Faces of a Man
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A partir do momento que vocês estão na cena e tem material de vocês sendo enviado para análise, vocês tem que primeiramente respeitar a opinião de quem escreve a resenha. Caso contrário, não participem de materiais que sejam enviados para redatores escreverem suas opiniões. Respeito é o minimo!

      Excluir