Structural Repairs: apresentando seu primeiro lyric video

Faixa escolhida foi “This is War”, presente no EP “We Choose Violence”



Recentemente ocorreu o  lançamento oficial do primeiro lyric video da banda Structural Repairs. A faixa selecionada é “This is War”, do EP “We Choose Violence”, de 2017. Produzido por André Ribeiro, da Mural Urbano Filmes, o quarteto revela ter se surpreendido com o resultado final, como conta o guitarrista e vocalista, Juan Santiago.

A gente não poderia estar mais feliz com o resultado. O André conseguiu captar bem o que queríamos passar com essa música, não só a letra, mas a ideia. Escolhemos essa faixa por questão técnica e, de todas as nossas músicas, talvez essa seja a mais difícil do pessoal entender a letra porque o vocal é um pouco rápido”, compara Juan. 

O vocalista/guitarrista destaca também que “This is War” é um dos focos do grupo, em especial, nas apresentações, tanto que a faixa é responsável pela abertura do EP. “E o público tem gostado bastante dela”, conta. A respeito do formato do vídeo, o grupo aprovou a mescla de letras, imagens brutais e apresentações da Structural Repairs. De acordo com Juan, é certo que a banda adote novos lyrics videos futuramente, no entanto, o próximo passo será a produção de um videoclipe. 

O foco maior seria um novo clipe mesmo, com roteiro e atuação. É questão de tempo de pensar, de estudar e analisar custos, pois por sermos uma banda independente, tudo vem do nosso bolso, e não temos tanto retorno. As coisas acabam tomando mais tempo do que deveriam, mas há possibilidades sim de fazermos mais lyric videos no futuro”, reforça. 



O grupo já conta com um videoclipe da faixa “Afterfall”, oriunda do primeiro álbum “Mind the Gap”. Para conferir o novo trabalho, visite o canal oficial da banda no Youtube e as demais redes sociais. 

Links Relacionados:



Formação:

Breno Tozo (guitarra)
Fernando “Feto” Ornellas (bateria)
Juan Santiago (vocal/guitarra) 

Murillo Vallim (baixo)



Discografia:
Mind the Gap – 2013
We Choose Violence (EP) – 2017

Fonte: Structural Repairs
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário