Topfive: cinco bandas para ouvir neste final de semana #103

Chegamos a mais uma intrépida edição de nossa mini-amostra semanal de sons que recomendamos para serem apreciados no final de semana.
O Subsolo - TopFive #103

1) Brvto Amor (Rio de Janeiro/RJ)

A banda carioca traz em seu som distorção, melodias dissonantes, letras incisivas e acordes diminutos, tudo isso sintetizado em um Hard Rock realmente carregado de peso. Liderados pelo guitarrista e vocalista Dark Almeida, a banda vem desde 2011 calçando um caminho de Rock n Roll raíz e este ano lançou o EP "Amor Nenhum", que carrega consigo o single abaixo:


2) Megaira (ABC Paulista/SP)

Fruto de uma inusitada mescla de Metal Melódico, Thrash, Death e Mitologia Grega, a banda Megaira é uma surpresa aos ouvidos. O grupo existe desde 2009, mas com algumas mudanças de formação ao longo da história, apenas em 2017 foi possível concluir o debut da banda, marcado pela constituição em quinteto, tendo dois vocalistas a frente da banda, Annia Bertoni e Paulo Schimit (vocais limpos e guturais, respectivamente). "Power, Lies and Death" é uma dádiva aos ouvidos.


3) Vakan (Santa Maria/RS)

O Metal gaúcho vem representado na forma do quarteto Vakan, na ativa desde 2010. Alguns mudanças de integrantes ocorreram ao longo do percurso da banda, mas o Heavy Metal autêntico e contemporâneo, ainda assim carregado de influências clássicas, se manteve firme e gerando frutos: dois anos após a fundação da banda, o EP "Freeze!" foi lançado, e neste ano o disco "Vagabond" marcou a chegada definitiva da banda no front de batalha.


4) Bogotah (São Gonçalo/RJ)

Mais uma banda calçada no Metal moderno, pesado, agressivo e intenso. O álbum "Um Brinde ao Fim do Mundo", de 2016, é literalmente o que o nome sugere: músicas para serem apreciadas como um drinque a beira do abismo final. A medida que conhecemos a banda identificamos diversas influências, mas o que importa por fim é a identidade impressa pela banda em sua sonoridade, que é indiscutivelmente marcante.


5) Goodbye My Love (São Gonçalo/RJ)

Também proveniente da cidade fluminense, esta infelizmente não está mais na ativa. Mas, gostei tanto do som dos caras que fiz questão de trazer aqui, inclusive por merecimento, pois também foi através dessa banda que cheguei na mencionada a cima. A cena de São Gonçalo possui músicos extremamente talentosos e competentes, e merece atenção. Goodbye My Love encerrou as atividades a alguns anos, mas a obra uma vez gravada fica eternizada. Se é um adeus para sempre, não sei, mas fica a lembrança dessa excepcional banda.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

  1. Nosso muito obrigado ao trabalho feito pelo subsolo, estamos honrados e agradecidos.

    ResponderExcluir
  2. |m|
    Um muito obrigado por postar 2 bandas em que eu fui/sou guitarrista, Goodbye my Love e Bogotah.

    Abraços irmão!

    ResponderExcluir