Cobertura: 15 Anos - A Hora Hard (Mulan Lounge Pub)

Por: Michel Spadel Ghizzo

No ultimo sábado, dia 25/05/2019 a maior mídia independente de Santa Catarina comemorou seus 15 anos de atividade no Mulan Lounge Pub em Forquilhinha/SC, depois de uma sexta-feira chuvosa que interditou ruas e derrubou viadutos. 



Primeiramente, a face comemorativa este presente em todos os momentos, em cada show das quatro bandas da noite houveram falas enaltecendo a importância do AHH e foram várias as participações do Daniel Russo nos vocais.

A primeira banda a se apresentar foi a Os Vermelhos de Araranguá que mesclaram covers de bandas como Pink Floyd e The Strokes – mesclando também os vocais que nas últimas músicas do show foram assumidos pelo baixista – com suas músicas autorais como “Céu” que teve a participação especial do anfitrião da noite, o Russo.

Logo depois, foi a vez do Douglas PK fazer um show solo, tocando as vezes guitarra e as vezes violão, utilizando pedais tanto no instrumento quanto na voz e o resultado foi um show que vai do punk ao country, contando as histórias das músicas e apresentando a recém lançada “Don't Fall Apart on Me” que pode ser ouvida em todas as plataformas de streaming. Vale ressaltar que o Douglas, assim como todas as bandas que se apresentaram daqui pra frente ficaram o tempo todo no público curtindo os outros shows e comemorando a noite, como sempre deve ser, vale ressaltar também que o EP do Douglas assim como vários outros itens estavam a venda ali na banquinha do AHH, onde o item principal da noite foi a camiseta comemorativa a data.

A terceira banda a se apresentar foi a da qual eu faço parte, a Vetor Unitário, tocamos na íntegra nosso EP de 2015, assim como duas inéditas que estarão no EP que será gravado esse ano e alguns covers, entre eles “Zero e um” do Dead Fish e “Polícia” do Titãs numa versão rápida e pesada, ambos covers também tiveram a participação do Russo nos vocais. Assim como nos shows anteriores, foi o Russo que nos chamou ao palco contando como a história da banda cruzou com a do AHH.

Por volta de 2h da manhã foi a vez da Repugnados, punk rock de protesto, fazer a trilha sonora da noite apresentando covers de Zumbis do Espaço e Garotos Podres com “Rock de subúrbio” também com a participação de vocês sabem quem nos vocais, mas a cereja do bolo no show dos caras foram as autorais: músicas como “ordem e progresso”, “cinco reais” e “sobreviva” que automaticamente nos remetem a bandas como Cólera e Inocentes e não cansam, o show dos caras vale muito a pena ser visto.

Uma das coisas mais legais da noite foi que depois dos shows, depois de uma noite toda nós da Vetor Unitário, o pessoal da Repugnados, o Douglas PK, parte da equipe que trabalhou no evento, do público e o Russo ainda nos encontramos todos numa dessas lanchonetes que ficam abertas na madrugada pra comer e conversar ainda mais.

Foi muito simbólica essa noite e que venham os outros aniversários do AHH!

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário: