Entrevista: Kiara Rocks

Depois de uma matéria sobre o "paradeiro" da Kiara Rocks, que obteve grande repercussão por aqui, surgiu a oportunidade de obtermos mais informações diretamente da fonte. Entrevistamos Kadu Pelegrini, que esteve ao lado de Hicaro Denelle, Raul Barroso e Alexi Souza, músicos que constituem a formação da Kiara Rocks que já está pré-produzindo os novos trabalhos da banda. Em formato inédito aqui em nosso portal, a entrevista foi realizada em vídeo, produzido pela banda, e pode ser conferido na íntegra aqui:


Confira, abaixo, alguns momentos da entrevista:

Sobre os fãs que permaneceram ao lado da banda todos esses anos:

Kadu: "Mesmo após o Rock in Rio, quando fui continuando com a banda, tivemos nossos fãs ao nosso lado, e eles estão loucos por coisa nova. E mesmo quando estava com uma formação completa na Kiara Rocks, não era a formação certa. Então agora o time é esse que estamos apresentando, com o Alexi na bateria, Hicaro na guitarra, o Raul que já está um tempo com a gente no baixo, e todo mundo quer fazer a mesma coisa, estamos loucos para compor, para mostrar coisa nova, e devemos isso ao nossa base de fãs, que por incrível que pareça, não diminuiu."

Sobre as mudanças de formações e novos integrantes:

Kadu: "Muitas bandas tiveram várias formações, é normal, e a maioria das vezes é porque o integrante não está sintonizado na banda, ou não está dentro da sonoridade da banda, por mais que toque muito. O Lexi eu vi ele tocando na Inluzt, uma banda legal pra caramba que está com material novo, e me apaixonei pelo estilo dele, é muito firme, bem preciso na bateria, um estilo que eu gosto. O Hicaro eu conheço a muito tempo, e fiquei meio assustado pois um cara com o talento dele estava sem banda. Fiz um convite, mas nem sabia se ele ia aceitar porque ele não tinha banda mas tocava em doze mil lugares (risos). E o Raul já está na batalha comigo pela Kiara a muito tempo, gosto do estilo dele, como ele toca, e eu estou louco pra gravar e fazer música nova com ele, porque eu devo isso a ele por esses quatro anos que ele está na Kiara."

Sobre a nova musicalidade da banda:

Kadu: "A gente entende que é como se a banda estivesse recomeçando. [...] A gente nunca quis se repetir, cada disco fez parte de uma evolução, e no terceiro era a hora de mostrar a parte mais pesada da banda, ainda mais que teria o Rock in Rio com Slayer. Então a gente tá indo pro quarto e gente vai continuar sem se repetir, com experiências, mas mantendo a cara da banda. A gente não tem como prever, e isso é bom, então vai ser algo novo e algo atual, mas sempre baseado no rock n' roll. No primeiro acorde que for ouvir, você vai saber que é a gente."

Raul: "Ter identidade não significa ser repetitivo. É a banda ter uma identidade, que você ouve o som e sabe que tá vindo da Kiara, mas mesmo assim sem estar se repetindo."

Kadu: "E o engraçado da Kiara é que cada um da banda tem um disco da banda favorito diferente, então acreditamos que esse novo pode ser o favorito de vocês. E esperamos que tenham a mente aberta, igual a gente tá tendo pra compor e gravar, na hora de escutar."

Sobre o legado da Kiara:

Kadu: "Que as bandas que acabaram me desculpem, mas dizer que não tem show, não tem público, acho que hoje em dia você pode continuar com a banda, continuar compondo, por que você gosta. Eu gosto da banda, tenho carinho pelo nome e pelo o que a gente conquistou em pouquíssimo tempo. E tem bandas com muito mais tempo que a Kiara que desistiram, e acho que desistir nunca foi uma opção e nem vai ser. Por mais que estejamos em tempos difíceis no Brasil, se você gosta da banda e gosta do que faz, não sei mais o por que de desistir. Ainda temos muito o que fazer, muito material pra ser gravado, e vocês vão ter que escutar muito a gente ainda, por mais que muita gente não queira, vai ter."

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial