16 maio, 2019

Rota d'O Subsolo #1: Rio Grande do Sul - região central

O estado do Rio Grande do Sul é rico por ser calcado em sua vertente do Rock. O gênero é sempre muito bem vindo e corre solto pelo estado que é repleto de grandes artistas. Nossa rota de hoje passa pelo coração do estado, indo de encontro ao noroeste, tendo finalidade de apresentar a turistas e músicos oportunidades no meio musical.

Rota d'O Subsolo #1: Rio Grande do Sul - região central


Começamos pela cidade de Santa Maria, considerada em tempos de ouro como a Seattle dos pampas. Nela encontramos muitos bares que abrem espaço para bandas independentes, em especial o Zeppelin Bar, contando com uma ótima culinária e atrativos musicais desde o mais pesado ao mais rock n roll.


Subindo a montanha, pela BR 158 em direção a terra natal do redator Wendell, Tupanciretã, encontramos na beira da rodovia o Paradouro 158. O local é novo, representando muito bem Itaara, uma cidade de motoqueiros e de bom gosto musical.
Podemos seguir nossa rota para Júlio de Castilhos, terra do charolês, e que conta com a Usina Pub Beer. Este local não recebe tantas atrações do bom gênero, mas sempre tem uma data que outra para levar alguns artistas consagrados.

Chegamos a Cruz Alta, e com ela, o nosso ponto de maior participação do Etílico. Toda sexta no MR.Jack é sagrado rolar o bom Rock N' Roll. Bandas do gênero e encontros do bom acontece por lá, preço acessível aos ingressos e um local vintage, com uma excelente acústica. 

Em Cruz Alta temos uma das opções de partida. Uma para Ijuí e outra para Panambi. Indico começar por Ijuí e depois voltar para ir a outra cidade, já que em Ijuí temos o Puzzle com fim de semanas regados da boa música. Na foto abaixo, já é possível observar da alta qualidade do lugar.

E por fim, depois siga seu caminho pra casa em paz, se beber não dirija, confirme que não esteja com sono pra pegar no volante, chegamos a Panambi, terra que não tem carnaval e dominada pela boa música. O Pubi Handte é a nossa indicação, flutuando entre covers e autorais, representa muito bem nossa atual moradia. Este foi nosso trajeto Rock da região, algumas cidades tem mais opções de bares, porém indicamos aquelas que são muito bem criticadas.