Topfive: bandas que cantam em Português #11

Após o recorde de acessos e comentários a respeito deste Topfive, resolvemos apresentar novamente cinco bandas que ainda lutam pela música cantada em nossa língua pátria. Admiramos o Rock/Metal cantado em todas as línguas, mas prezamos muito por quem ainda luta pela música cantada em nossa língua, portanto, preparamos mais uma lista com cinco indicações, confira:




01) Cosmogonia - Hardcore/Punk - Osasco/SP

Cosmogonia é uma banda formada em 1993 por Elisangela Souza e Renata Tolli, sendo uma das bandas pioneiras do cenário Riot Grrrl no Brasil. Entre os anos de 1998 e 2006, a banda gravou alguns singles e participou de várias coletâneas. Após um hiato que durou até 2017, três integrantes se reencontram e decidem reviver a banda, que recentemente lançou seu EP "Reviva!" lançado no dia das mulheres, ouça!



02)
Burnkill - Thrash Metal - Pouso Alegre/MG

Uma das bandas que mais lutas no cenário, com certeza é a BurnKill. Thrash Metal cantando em Português e com excelência, sempre presente nas principais coletâneas e listas dos maiores veículos sobre a música pesada no Brasil. Formada em 2014 em Pouso Alegre/MG, a banda possuí em seu disco "Guerra e Destruição" como seu maior feito em sua carreira até o presente momento e busca sempre uma evolução dentro do Metal nacional.



03) Sapataria - Punk Rock - São Paulo/SP

Mais uma banda do cenário Riot Grrrl, formada em 2016 na grande metrópole de São Paulo, a Sapataria busca abordar termas referentes a lesbiandade e feminismo. Com letras muito bem trabalhadas e um instrumental coeso e direto, o grupo se destaca no que se compromete a fazer, sendo uma das referências do Riot Grrrl junto da Cosmogonia, por exemplo.




04) Rematte - Rock Alternativo - Fortaleza/CE

A Rematte é uma banda de Rock de Fortaleza/CE, formada em 2017 com influências de Deftones, Incubus e Queens of the Stone Age mesclando com poesia engajada e contestadora de Chico Science, Marcelo Yuka e Chico Buarque. E é assim que a banda se destaca em meio a uma multidão de bandas, unindo gostos musicais e seus gostos poéticos. As letras da banda fala sobre reflexões individuais, engajamento social e energia das relações em um contexto urbano, tudo muito particular. Em 2018 a banda lançou seu primeiro trabalho autointitulado, com destaque para a música "Seja Como For":



05) Trema - Rock - São Paulo/SP

Formada em 1997 com uma sonoridade vigorosa e letras inteligentes. Entre todas as histórias que a Trema pode contar com todos estes anos no cenário, em 2018 o álbum "Na Capital" contendo dez faixas, foi distribuído pela Ditto Music. O álbum contou com a participação do vocalista André Abujamra e também do tecladista Adriano Grineberg, sendo que Adriano é considerado um dos maiores músicos de Blues do país. Trema busca sempre alçar novas temáticas para suas letras, sendo uma referência do Rock quando o assunto é música em Português.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial