14 setembro, 2019

Topfive: cinco bandas para ouvir neste final de semana #133

Neste final de semana que sucede a sexta feira 13, àqueles que sobreviveram, selecionamos uma lista de bandas que tem como temática, o horror e a matança nas veias.
TOPFIVE #133 | O SUBSOLO

Deadnation - Tubarão/SC

A banda que vem espalhando o caos e o terror, deixa sempre sua marca por onde passa. Os bons apreciadores de um death metal bruto, de peso e qualidade. Permitido somente para aqueles que suportam um pútrido e visceral som extirpado das mais profundas entranhas do Metal Catarinense. Sem dúvidas, uma bandas que vale a pena manter na playlist, com suas letras seguindo linhas de terror e massacre, estejam preparados para uma chacina sonora.


Final Disaster - São Paulo/SP

Final Disaster é uma banda que já fora citada inúmeras vezes aqui n'O Subsolo. Porém, com todos os méritos. É praticamente impossível falar de terror sem lembrar dos tensos e agoniantes riffs acompanhados de um extremo peso nos graves e percussão. Recentemente com sua formação reformulada, a banda continua mantendo a linha dos anseios da mente humana, explorados através das habilidosas mãos dos músicos.


Horror Chamber - Canoas/RS

A banda que está em fase final para o lançamento do seu novo trabalho intitulado "Thoughts: The Slow Decay", já tem vídeo clipe de uma faixa que se fará presente no disco. Quem já conhece a banda, atesta a qualidade e sonora e técnica do grupo. E para quem ainda não ouviu, fica indicação de mais um som para aterrorizar o seu fim de semana.
Enquanto o clipe oficial não é lançado, vamos apreciar o lyric vídeo de Full-Body Failure do mesmo álbum.


Difunteria - São Caetano do Sul/SP

Com grandes e notáveis influências de Misfits e Zumbis do Espaço, Difunteria permeia as temáticas de quadrinhos, séries, filmes de terror, e o caos aterrorizante que é a vida do ser humano nos dias atuais com seu horror punk agressivo e direto.


Avoid - Bom Despacho/MG

Seguindo a linha do horror punk, encerramos nosa lista de indicações com AvoiD. Quando você pensa em "Horror Punk" logo vem à mente aquelas levdas de caixa e chimblal, com pegada de crossover. Porém, vai se surpreender com as viradas, harmonias e os agressivos e graves vocais de Daniel Nunes.