09 novembro, 2019

Topfive: cinco bandas para se ouvir neste final de semana #139

Eis que o bom filho a casa torna. Após um tempo afastado do Topfive, retorno com uma lista para lá de especial e sempre tentando trazer sons inéditos a esta matéria que chega a sua edição de número 139. O lado bom do topfive, é conhecer novas bandas, renovar a playlist do dia a dia. Nosso cenário é rico de boa música e aqui está mais uma lista para o leitor. Confira:




01) Profana Inquisição - Groove Metal - Sousa/PB

A Profana Inquisição foi criada em 2014 na cidade de Sousa em Paraiba. Banda de Groove Metal que aborda em suas letras, críticas indiretas a alienação religiosa, racismo , repressão e a obsessão do ser humano em poder e regalia. Utilizando através de linguagem formal, a figura de um ditador, de certa forma para exemplificar e mostrar como seria o pensamento de alguém com um poder absoluto e inquestionável.



02) Rhythms In Violence - Prog-Core - Belo Horizonte/MG
A banda que teve um hiato longo de 20 anos, volta a ativa com a formação original. Rhythms In Violence (conhecidos como RIV), volta com Helbert de Sá agora nos vocais, Claudio Freitas na guitarra e Ricardo Parreiras na bateria, mais tarde, Heitor Silva entra para completar o time nos graves da banda.

Após algumas mudanças na formação, Cláudio assumiu as guitarras e vocais e Fabricio Soares no baixo. Batizada como Progressive Core ou simplesmente ProgCore, a sonoridade estritamente trabalhada com riffs rápidos e variados tornam a sonoridade da banda até de certa forma ímpar. Notórios as influências do Crossover e do Thrash Metal.



03) Leprosy - Death Metal - Goiânia/GO

Eis quem acha que Goiania só tem sertanejo e bandas bregas daquele consumismo podre da falsa música. Banda de Death Metal de Goiania, formada em  1989 a Leprosy "rema contra a maré" da fama de Goiania. Em 2019 a banda voltou a ativa tocando com a formação original, comemorando os 30 anos da banda. 



04) Rage In My Eyes - Heavy Metal - Porto Alegre/RS

Rage In My Eyes é uma banda de Heavy Metal formada em Porto Alegre/RS no ano de 2002. Em suas letras, abordam um lado do país que a maioria não conhece. Mistura em sua sonoridade, pitadas do Heavy e do Prog, com elementos da milonga, gênero tipicamente conhecidos do Sul do Brasil, Uruguai e Argentina. A banda conta com seu primeiro disco gravado nos anos de 2017 e 2018, em Los Anageles e no Brasil. Durante 16 anos da sua carreira, a banda se chamava Scelerata, que teve uma enorme história no cenário do Metal nacional, deixando três registros, inclusive participações de Paul DiAnno e Andi Deris. 



05) Vocífera - Death/Thrash Metal - Recife/PE

Formada em 2011 em Recife, a Vocífera é o resumo de fúria e agressividade musical, e tudo isso, se traduz em uma sonoridade eficaz, carregado de riffs pesados, agressividade e velocidade, quase que demolidor para os ouvidos. A Vocífera é uma das maiores revelações do Metal pernambucano, uma grata colaboração para o Metal nacional atual. Sua formação é completa por mulheres, são elas: Ray Torres nos vocais, Erika Mota e Lidiane Pereira nas guitarras, Eveline Torres no baixo e Marcella Tiné na bateria.