30 julho, 2020

#30 De músico para músico – O marketing da sua banda e a base de fãs

Sua banda vai lançar material mês que vem e você quer fazer um barulho pra atrair os fãs?
Qual a maneira correta de fazer isso e como entregar aquilo que foi prometido?
Caso simples e corriqueiro, afinal, toda banda cedo ou tarde lança algum material, certo?

A ordem das coisas geralmente é:

Banda compõe material,
Banda entra em estúdio para gravar,
Banda lança disco,
Banda faz show de lançamento,
Banda cai no esquecimento até o próximo disco,
Loop.



Qual o momento ideal para divulgar? Como não cair no esquecimento?

É óbvio que não existe uma receita infalível ou um truque mágico para isso, porém, existem boas práticas que podem te ajudar.

Primeiramente, a banda precisa existir antes de lançar o disco e quando eu digo existir, não é ter o time formado e sim o seu público alvo saber da sua existência.

São boas práticas:

- Criar redes sociais para a banda;
- Manter as redes com certa regularidade de postagens;
- Não limitar seu público por um estilo definido;
- Evitar fazer comparações da sua banda com outras bandas que você julga ter o mesmo estilo.

O tempo prático seria o seguinte:

- Já existem músicas? Então segue a criação da arte;
- Já existe arte? Alimente as redes sociais;
- Já existe rede social? Crie conteúdo.

Sendo assim, o que é conteúdo?

- Fotos da formação;
- Fotos do dia a dia;
- Fotos e vídeos do processo de composição / produção;
- Vídeos de ensaio;
- Conteúdo relacionado com os temas que a banda utiliza nas canções.

Essas práticas são o suficiente para gerar base de fãs?
Naturalmente não! É necessário não só atrair, mas também manter seu público fiel.

É nesse ponto que entra o cumprimento dos prazos e o famoso pé no chão pra fazer as coisas.

Vamos aos detalhes de marketing para cumprir as promessas:

Caso 1 – Meu material está entrando em produção, existe completinho na minha cabeça mas não existe na vida real

- Divulgar que está entrado em produção;
- Estimar uma data e “prometer” pelo menos 3 meses pra frente do projeto que está no seu cronograma;
- Mostrar pedaços da arte que acompanhará o material;
- Mostrar e falar sobre a formação que estará na gravação;
- Promover o estúdio em que está sendo gravado;
- Fazer vídeos da produção;
- Demonstrar bom humor e tranquilidade sempre.

Caso 2- Meu material está pronto para lançamento!

- DEPOIS DE PRONTO – Iniciar contagem regressiva para lançamento;
- Fazer teasers com fragmentos do material;
- Prestar agradecimentos aos envolvidos;
- Cumprir a data de lançamento, evitar ao máximo adiar.

Seguindo essas boas práticas, a sua base de fãs deve se orgulhar de curtir seu som e com certeza os fãs mostrarão para outras pessoas que também se tornarão fãs.


O que não fazer:

- Contagem regressiva pra cada pãozinho que você for comprar na padaria;
- Postar todos os dias sem ter nada pra falar, postagens vazias;
- Mostrar tudo o que tem de uma vez só, o famoso queimar cartucho;
- Falar mal de alguém ou alguma coisa nas postagens;
- Passar opiniões particulares que não são opiniões da banda toda;
- Responder algum comentário de fã de forma áspera.

O que acontece em muitos casos é que a banda cai no esquecimento pois não posta mais nada depois do lançamento. Faz uma grande produção e cria ansiedade para lançar, mas depois simplesmente abandona as redes e consequentemente o fã se sente órfão.

O ideal é ter material extra para mostrar, artes diferentes, fotos novas, convites para show em vídeo, etc.

O fã precisa se sentir acolhido pela banda assim como a banda precisa do acolhimento do fã. Se um dos lados parar de fornecer material, o laço se rompe.

Hoje em dia a banda precisou mudar um pouco o jeito de trabalhar para acompanhar o novo formato de consumo da música. A mídia física (cd) deixou de ser o principal meio de contato entre a banda e o consumidor. Sendo assim, as plataformas de streaming e redes sociais passaram a ocupar esse espaço.

A banda não precisa mais ter um material cheio de 2 em 2 anos ou algo assim para conquistar seu público. Hoje, o material pode ser um single, ou um vídeo clipe ou algo que o valha.

O importante é sempre seguir os passos de contato com o fã:

- Cumprir prazos;
- Lançar material com frequência;
- Demonstrar interesse no que o fã diz;
- Ser acessível;
- Responder à todos sempre que possível;
- Evitar atritos.

O marketing tem que ser amigo da banda, uma ferramenta. E é importante demonstrar um comportamento pacifico para que essa arma não se volte contra você.

Tenha sempre em mente que a reinvenção da banda, da música, da arte em si é sempre benéfica. Use o marketing ao seu favor.