26 abril, 2020

Prika Amaral afirma que o Nervosa continuará "2 anos pra cá a Nervosa não tem sido a mesma"

No último sábado (25) recebemos uma notícia devastadora. Fernanda Lira, vocalista e baixista do Nervosa deixava seu cargo na banda. Como se já não fosse o suficiente para um dia apenas, horas mais tarde Luana Dametto, anunciava que deixava o posto de baterista.



Devido a repercussão causada durante os anúncios, só prova a grandeza do Nervosa, sendo que a repercussão foi basicamente mundial, não sendo apenas no Brasil (que claro, foi onde as notícias caíram como asteroide).

Neste domingo (26) uma nota simples, objetiva e respeitosa redigida por Prika Amaral no facebook oficial do Nervosa afirma com todas as letras: A Nervosa vai continuar sim!

Confira a nota oficial:

"Nervosa nunca iré morrer!

A Nervosa vai continuar sim!

Fernanda e Luana não fazem mais parte da Nervosa, elas decidiram sair da banda.
Os motivos são muitos, e cada uma de nós temos nossos motivos, porém de 2 anos pra cá a Nervosa não tem sido a mesma e todas nós estávamos tentando manter a banda, cada uma fazendo o seu máximo, sem exceções.
Queremos dar o melhor aos nossos fãs, e juntas não podemos mais dar o melhor ao nossos fãs. A Nervosa agradece toda a dedicação e deseja sorte a todas que fizeram parte dessa banda. Fiquem ligados que logo mais será anunciado as novas integrantes e muitas outras novidades.

Obrigada a todos por todo o apoio."

Confira o post clicando aqui.

Em seu perfil pessoal, Prika Amaral fez questão de agradecer:

"
Queria agradecer primeiramente a todos os meus amigos e pessoas próximas que bombardearam meu whatsapp, messenger, Instagram, etc...com mensagens lindas de apoio. Amo todos vocês e dou muito valor pra cada um que se importou em me mandar uma mensagem, estou respondendo a todos com calma e muito carinho. Isso tudo já era esperado, não foi nenhuma surpresa pra mim, as coisas já não estavam indo bem há muito tempo vários e muitos motivos. Eu fundei a Nervosa há 10 anos atrás, muitas meninas entraram e saíram, e todas elas contribuíram para o crescimento da banda, não foi o trabalho de uma ou duas, foi o trabalho de TODAS que já fizeram parte da Nervosa algum dia, importante ressaltar que ninguém fez nada sozinha, e sou grata a todas sem exceção.

Em todos esses processos eu nunca pensei em desistir por que o que me faz feliz é fazer música, e eu amo tudo que vem junto, ensaiar, compor, gravar, tocar, viajar, etc... Abri mão de tudo, mas de TUDO mesmo, e não me arrependo e faria tudo de novo. Eu nunca vou desistir porque a música pra mim é maior que tudo, é o que me move, o que me da forças pra viver. A Nervosa é uma filha que eu criei e dei nome, e filhos não se abandonam. Tenho certeza que todas vão apresentar bons trabalhos, a cena agora tem 2 bandas formadas só por mulheres, então acho que o saldo é positivo. Boa sorte para todas nós e bora ser feliz."