24 agosto, 2020

Resenha: Bleeding Till Death - Battalion (2020)

Dentro do nosso frutífero Underground existe uma força que corta como uma lâmina afiada e pulsa no fogo e no aço, o metal tradicional nacional possui nomes de extrema significância, e com certeza no hall das grandes bandas encontramos o Battalion, que com o perdão do trocadilho vem desde 2005 numa verdadeira batalha homérica em prol do metal. 



No ano de 2013 eles lançaram o irretocável, Empire of the Dead o fato de ser uma banda catarinense me permitiu assistir várias apresentações do trio e a garra que eles tocam ao vivo é redirecionada para esse trabalho que consegue ser melhor que o seu debut. 

Bleeding Till Death é metal oitentista até o talo A intro Firing abre espaço para Road of Revenge, e aqui me perdoe os fã de metal moderno mas o Battalion faz um barulho em três que o Slipknot com nove não consegue, uma cruza entre um Running Wild com Mortorhead só para você ter ideia do que te espera. 

Difícil apontar destaque em um trabalho tão uniforme e mais difícil ainda não bangear em sons como: Night Rider e Heavy Metal Night com destaque para os vocais de Marcelo Fagundes que sem dúvida deve fazer gargarejo com uísque e ao mesmo tempo entrega umas linhas de baixo bem feitas nada virtuoso até porque a proposta aqui não é essa completam ainda a Battalion: Alvaro Santana (guitarra) e Fabiano Barbosa (bateria). 

Fato é que se o Battalion tivesse surgido na Inglaterra no ápice da NWBOHM seria uma banda mega conceituada, e sons como Metal Curse, Kill or Die são aquelas declarações de amor ao metal que nunca , repito nunca podem faltar em um cd de heavy clássico. 

Tudo isso vem embalado em um belo trabalho gráfico, que não deixa menor dúvida o que você vai ouvir por aqui, ouça alto e preferencialmente com uma cerveja do lado, com os pulsos erguidos e lembre se o metal nunca vai morrer! Hail Battalion

Ouça na íntegra:



TRACKLIST
01) Firing 
02) Road of Revenge 
03) Night Rider 
04) Interceptor 
05) Metal Curse 
06) Kill or Die 
07) Streets of Fire 
08) Raise Your Fist 
09) Heavy Metal Night 

FORMAÇÃO
Marcelo Fagundes – vocal e baixo 
Álvaro Santana – guitarras 
Fabiano Blator – bateria