10 setembro, 2020

História & Metal - A história por trás de Bruxas da Noite (Manger Cadavre?) - #01

A Segunda Guerra mundial na historiografia é um campo muito frutífero para a investigação histórica. 

O período de 1939 a 1945 deixou marcas abertas na humanidade, e mesmo com batalhas sendo enfrentadas por homens e mulheres, vemos que a participação das últimas é muitas vezes negligenciada nos relatos históricos.




Ao analisar a participação feminina na aviação militar podemos encontrar citações como o papel das WASPS, sigla para Women Airforce Service Pilots que entre outras funções transportavam as aeronaves da fábrica para os campos de batalha. Entretanto vamos focar no papel das Nachthexen que traduzido do alemão refere se as bruxas da noite, apelido esse conquistado pelas aviadoras soviéticas que faziam parte do 46° regimento de bombardeio noturno de Taman

Para compreender melhor permita-me caro leitor localiza-lo no contexto histórico: 

O ano é 1941 as frentes nazistas lutavam para conseguir invadir o território da URSS, caso tivesse êxito nessa missão, provavelmente o conflito iria ter a vitória do Eixo (Alemanha, Itália e Japão). 

O que as tropas nazistas não esperavam eram as dificuldades como o clima e as varias frentes de batalhas desenvolvidas no extenso território soviético em outubro de 1941. Outra dificuldade que os nazistas não esperavam enfrentar era o recém-formado grupo de aviação especial feminino 122 a cargo da piloto Marina Mikhailovna RaskovaNo seu currículo, a piloto detinha alguns recordes de velocidade e distância de vôo, o que gerava uma profunda admiração por parte do esquadrão. 

Um detalhe bem interessante é que todas as pilotos do grupo eram voluntárias.

Como era tempo de guerra, o curso de formação foi super intensivo: o que demorava 18 meses foi resumido em 6 e no total se formaram três regimentos com destaque para o 588 NBAP9, regime de bombardeio noturno.

Sua primeira missão foi no ano de 1942 na Ucrânia e o resultado foi positivo, tanto que nesta missão Valerya Khomiakova se converte na primeira piloto a abater uma aeronave alemã a noite, dando assim lugar ao surgimento do apelido do regimento. 

A medida que a guerra avançava os conflitos ficavam mais intensos e alguma operações eram vistas como suicidas, vale o adendo que as forças de resistência do regimento atacavam em dois biplanos e enquanto estes desviavam a atenção do inimigo um terceiro elemento surpresa o bombardeava. 

Para ganhar mais velocidade todos esses ataques eram feitos com as aviadoras sem paraquedas (??), some a isso o fato delas não utilizarem radares e pouquíssima iluminação (afinal de contas era um ataque surpresa, certo?) 

Em historia não trabalhamos com achismos e nem especulações mas é inegável que sem a bravura desses regimentos o resultado da guerra poderia ter sido outro. Ao todo o Bombardeio Noturno Taman, realizou 23.672 missões e 23 representantes fora premiadas com a Estrela de Ouro de Herói , uma das condecorações máximas do regime soviético. 

E O SOM ? 

A música Bruxas da Noite está presente no EP Revide lançado no ano de 2017 encerrado esse trabalho com um clima denso e profundo é um som bem diferente do Manger Cadavre? que mostra influências do Sludge e do Doom , com o vocal da Nata transmitindo uma carga extra de emoção e desespero. 

Confira a letra: 

Escuridão 
Silêncio noturno 
A precisão 
Momento oportuno 

Exatidão 
Lançar feitiços 
Pra salvação 
Mundo arruinado

Elas voaram e cantaram canções (libertar)
Elas viram mais do que viam em padrões (articular) 
Elas planaram em suas posições (preparar) 
Elas brilharam e criaram ilusões (bombardear) 

(Note como a letra da ênfase na ação das pilotos que tinham que demonstrar pericia e técnica em um ambiente de guerra, e qualquer erro ali seria fatal)

Madeira e lona 
Para voar 
Três amigas 
Aproximar 

(Os aviões do regimento eram mais leves, para ganhar velocidade além da forma de ataque em trio ) 

Romper o silêncio 
Embaralhar 
Em meio ao fogo 
Vamos dançar 

Elas voaram e cantaram canções (libertar) 
Elas viram mais do que viam em padrões (articular) 
Elas planaram em suas posições (preparar) 
Elas brilharam e criaram ilusões (bombardear) 

Ver no escuro 
Intuição 
Poucos recursos 
Adaptação 
Coragem, magia 
Superstição 
Bruxas da noite 
Vassouras na escuridão 
Ouvem no silêncio 
Voam e vêem no escuro 
Ouvem no silêncio 
Voam e vêem no escuro 

Essa faixa tem também um clipe que condensa toda a mensagem dessa poderosa música, trabalho esse feito pela Head Label, com os bailarinos Carol Pereira e Lucas Kruszynski responsáveis também pela coreografia.

Confira: 




Siga Manger Cadavre? nas redes sociais: