12 setembro, 2020

Topfive: cinco bandas Argentinas para ouvir neste final de semana #165

Muitas vezes as pessoas me pedem indicações de bandas argentinas de rock e metal. A questão é que, mesmo eu tendo nascido na Argentina e morado maior parte da minha vida lá, faz 10 anos que não moro na terrinha e sinceramente tenho perdido bastante o contato com a cena nacional.


Fortemente decidida a mudar essa minha falta de conhecimento e aproveitando para compartilhar minhas indicações com vocês, montei este Topfive especial de bandas Argentinas com algumas das bandas que conheci nas últimas semanas e que me chamaram a atenção por diversos motivos.

Se você curte a cena AR e quer conhecer muitas mais bandas do que estas cinco, recomendo assistir a próxima edição do festival online argentino Heresy Fest que vai rolar nos dias 3, 4, 10 e 11 de Outubro.

Sem mais delongas, vamos às indicações de hoje:


1) Acroma - Death Metal - Buenos Aires/Argentina

Acroma me surpreendeu e tenho certeza de que entrou na minha playlist para ficar. A banda mistura várias influências junto ao Death Metal, que é a sua linha principal. Vocais rasgados, alguns trechos mais melódicos com vocais limpos, partes que remetem o Technical Death e outras que parecem um Blackened Death… e tudo misturado com grande maestria! Muito recomendável.





2) Hess - Heavy Metal - Rosario/Argentina

Hess também foi uma grata surpresa. Eu não conhecia a banda e não sabia muito bem o que esperar até que ouvi Atlantean Dreams recentemente.

Sendo eu vocalista, a minha tendência é prestar mais atenção aos vocais quando ouço uma banda pela primeira vez, e Hess não decepciona neste ponto nem em nenhum outro. 

Letras e melodias bem trabalhadas e uma pegada Heavy Metal tradicional que dá vontade pegar a estrada numa Harley Davidson e sentir o vento batendo nos cabelos.




3) Domination - Thrash Metal - Buenos Aires/Argentina

Domination já tem 9 anos de estrada, tendo no seu currículo uma turnê pela Europa em 2014. O som é interessante, com uma produção boa. Muito recomendável para quem curte bandas de Thrash Metal tradicionais. As letras são em inglês.




4) The Killing - Grindcore - Buenos Aires/Argentina


Aqui o som é bruto. The Killing é um soco na orelha em questão sonora, grind sujão e podrera do jeito que a gente gosta. Um ponto interessante é que as letras das músicas são em espanhol. The Killing já veio ao Brasil e fez alguns shows, também gravaram um Ao Vivo para o Canal Scena durante a visita que você pode conferir aqui.


Advertência: Ouvir esta banda durante o período de isolamento pode te fazer chorar de saudades de ir num show.




5) Odissea - Power Metal - Buenos Aires/Argentina

Odissea é uma banda de Power Metal, e por esse motivo o que mais me chamou a atenção (de uma forma positiva) foi que a vocalista Micaela canta num tom confortável, que acredito seja de mezzo-soprano, em lugar de usar um vocal extremamente agudo que muitas vezes é caraterística do estilo. As melodias são bem feitas e as letras são em espanhol. A banda estreia single novo hoje então se você se interessou fica de olho no canal deles.