19 novembro, 2020

Resenha: Disturbing Pandemic Incantations - Masennus (2020)

Que Minas Gerais é um dos solos mais frutíferos para o Metal Extremo ninguém duvida, entretanto, nunca deixa de surpreender a qualidade e a quantidade de bandas que emergem das satânicas Minas. 

O Masennus se dedica ao estilo anti-música e nos apresenta nesse EP uma amostra do seu potencial para castigar ouvidos incautos. 




O grupo é relativamente novo, formado no ano de 2019 eles debutaram com o single Phobos Terrorizer, que já foi um excelente cartão de visitas para o então EP Disturbing Pandemic Incantations vem consolidar essa boa impressão e como todo bom trabalho de grindcore não passa dos 15 minutos, tempo suficiente para explodir nossa cabeça. 

Corona Blunt tem um lindo interlúdio de violão e é a única coisa que podemos chamar de lindo nesse registro pois a faixa desencamba para um grind rasgado ,que na hora me remeteu ao Extreme Noise Terror com aquelas levadas de bateria insanas e o vocal se desgoelado. 

Decomposing Parasites poderia muito bem fazer parte de algum trabalho do Canibal Corpse antigo e aqui esta um grande ponto positivo para o grupo formado por: Dangelis King no baixo, Israel Bianchi na guitarra, Yves Schneider nos vocais e Vinicius Brasil na bateria: são fãs de metal extremo e sabem captar influências e anexa- las na sua sonoridade. 

Phobos Terrorizer é das antigas, uma faixa com menos de dois minutos e um dos momentos mais insanos desse EP, faixa perfeita para destruir nos mosh pits .

Weakness Ashes é minha favorita do trabalho, mostrando uma vibe Napalm Death nos vocais a música tem um trabalho de bateria avassalador com direito a uma quebra de andamento que veio direto do death/thrash sem duvida o Masennus sabe bem o que está fazendo. 

E para finalizar um cover da cantora islandesa Bjork, Human Behaviour. Não conhecia a música e fui conferir a versão original. Logicamente curtí mais a versão da banda mineira, más acho deveras interessante como eles fizeram uma versão bem from hell

Com letras fortes e som ainda mais extremo o Masennus tem tudo para manter aquilo que nós já afirmamos muitas vezes Minas Gerais é um dos celeiros mais agressivos da música mundial. 




TRACKLIST
01) Corona Blunt
02) Decomposing Parasites 
03) Phobos Terrorizer 
04) Weakness Ashes
05) Human Behaviour (Björk cover) 

FORMAÇÃO
Yves Schneider - vocal 
Israel Bianchi - guitarra 
Dangelis King - baixo 
Vinicius Brasil - bateria