07 novembro, 2020

Topfive: cinco bandas para ouvir neste final de semana #173

Mais um fim de semana chegou e eu estava aqui em casa, buscando alguma música para ouvir e comecei a pensar em como temos um cenário underground rico, cheio de grandes bandas que passam longe muitas vezes das grandes mídias, mas que apresentam materiais com tanta qualidade que você acaba se perguntando, como essas bandas ainda não estão tocando em grandes festivais?

Pensando nisso, eu separei cinco bandas de várias vertentes dentro do rock / metal que na minha opinião, já estão caminhando a passos largos para chegar a grande mídia em seus respectivos estilos.




01) Brvnks – Indie Rock – Goiânia/GO - Atualmente em São Paulo/SP


Muita gente quando se fala de Goiânia, só se lembram das famosas duplas de sertanejo, mas é fato que Goiânia sempre trouxe grandes bandas de Rock / Metal. Um grande exemplo é a banda Brvnks!


A banda é relativamente nova, já que foi fundada em 2016, mas fazem um Indie Rock com pegadas alternativas de dar inveja há muitos medalhões do estilo. Em 2019, a banda se apresentou no Lollapalooza e também lançou um dos discos mais festejados da cena Indie alternativa, o maravilhoso Morri de Raiva.


É uma banda que na cena underground já vem fazendo um grande burburinho já há um tempo e que certamente nos próximos anos seguirão crescendo ainda mais. Confiram a música Don’t:



02) Flanders 72 – Punk Rock – São Leopoldo/RS


Esta é uma banda que já venho acompanhando há uns anos e inclusive pude vê-los uma vez ao vivo em Pindamonhangaba e para fãs de Punk Rock e de bandas como Green Day, Ramones, Screeching Weasel é um prato cheio.


O Flanders 72 já lançou 4 full álbuns que já se tornaram clássicos do Punk Rock sulino, como o debut South America Punk Rockers, Atomic e o último This is a Punk Rock Club. Os vocais lembram bastante ao do Billy Joe do Green Day, mas a banda tem muita personalidade e vale muito a pena dar o play. É música para você curtir com os amigos, tomando umas cervejas e se divertindo!


Separo a música Warp Zone do último álbum, que acabou virando um clipe hilário e é a minha favorita do disco This is a Punk Rock Club. Já adianto que fãs de games vão gostar demais.




03) BrightStorm – Symphonic Metal – São José dos Campos/SP


A BrightStorm é outra banda que tenho acompanhado desde o início e pude acompanhar o crescimento e o profissionalismo que a banda foi atingindo com o passar dos anos.


A banda no momento tem apenas um EP e um full álbum lançado, mas que já tornou a BrightStorm como um dos grandes representantes do Symphonic Metal brasileiro. Em 2019 a banda fez uma exitosa abertura em São Paulo para as bandas Delain e Vuur e está em processo de composição de seu novo disco.

Deixo aqui pra vocês a música Vampire, presente no álbum Through The Gates, lançado em 2017:



04) In Absenthia – Melodic Dark Doom – Rio Grande/RS


O Doom Metal é um dos meus estilos favoritos dentro do Metal e uma das bandas que mais me surpreenderam no estilo no Brasil, são os gaúchos do In Absenthia.


A banda faz uma mistura de Doom com Gothic e elementos muito sombrios, tudo com uma qualidade impecável, destacando-se pelos vocais de Bruno Braga, que também comanda as guitarras e os teclados de Gélissom Amaral, que são muito bem encaixados e dá um toque especial nas canções. A banda no momento se encontra em stand by mas já existe rumores de uma possível volta da banda.


Só nos resta aguardar, pois certamente eles poderão se tornar uma das maiores referências do estilo no Brasil em alguns anos.



05) Vazio – Black Metal – São Paulo/SP


Uma banda que me surpreendeu muito quando ouvi ano passado foi o Vazio! Oriundos de São Paulo, a banda pratica um Black Metal invejável, que me lembra uma de minhas bandas favoritas do estilo, que é o Dark Funeral.


Neste ano de 2020, a banda lançou um dos melhores álbuns do estilo no país, chamado Eterno Aeon Obscuro e tenho certeza que irá figurar entre os melhores álbuns do ano.


Black Metal ríspido, cru, na cara e com letras em português. Ouça Nascido do Fogo e você irá entender do que eu estou falando!